Ginásio de esportes oferece segurança aos munícipes e funcionários, diz Carlos Weverton

Ginásio de esportes oferece segurança aos munícipes e funcionários, diz Carlos Weverton

Em breve entrevista ao jornal AGORA NA REGIÃO, o prefeito interino Carlos Weverton Ortega Sanches (MDB) falou dos transtornos causados pela mudança de prédio da prefeitura e do terminal rodoviário. O atual Chefe do Executivo disse que o ginásio de esportes não é o local ideal, mas para não gerar novos custos foi o melhor prédio público encontrado. Falou também que o local oferece segurança aos munícipes e funcionários.

A reportagem percorreu alguns setores no primeiro dia do expediente após as mudanças e constatou que muitos serviços não estavam funcionando ainda por falta do sistema de informática. Segundo o prefeito, os setores considerados essenciais estavam funcionando em sua total normalidade como Receita, Cadastro, Administração e Recursos Humanos. Ainda segundo Sanches, na terça-feira, 16 de julho, tudo já estaria normalizado.  Ao todo, o ginásio de esportes está abrigando 12 departamentos. Quase todos estão localizados abaixo das arquibancadas do ginásio.  

O jornal também esteve no novo ponto de embarque e desembarque do terminal rodoviário, localizado na rua 9 de julho nos números 662 e 668. Para alguns comerciantes não há transtornos no novo endereço. “Por mim não está causando problema nenhum, só em horários de pico de ônibus que fica complicado, mas do resto não me afeta”, disse um comerciante que não quis se identificar.

Já para outros, que pediram para não serem identificados, a situação está delicada. “Vou perder cerca de 70% dos meus clientes com essa mudança”, relatou um. “Ainda não consigo avaliar se terei prejuízo ou não, mas o que eu mais quero é voltar o quanto antes para meu espaço”, falou outro.

As passagens de ônibus são adquiridas no mesmo endereço. A reportagem constatou que durante o horário de pico dos veículos, entre 13h e 14h, o trânsito no local fica intenso por conta chegada dos ônibus. A venda de passagens está funcionando das 7h às 20h, sem intervalo para almoço.

Confira abaixo os temas discutidos na entrevista e as respostas do prefeito na íntegra:

Atividades esportivas x trabalho
“Vamos avaliar a questão de barulho e trânsito de pessoas. Mas a princípio nossa intenção é manter os esportes aqui. Hoje (15 de julho), por exemplo, não tivemos nenhum tipo de reclamação. Eu tenho 12 departamentos aqui e nenhum reclamou de nada. Aquilo que não puder ser contemplado será desviado para a quadra coberta do Colina Verde. A princípio todos continuam aqui e será discutido caso a caso as pessoas que fazem as atividades”.

Futuro do prédio antigo
“Nós interditamos o prédio e hoje está sendo colocado as faixas de interdição e nós pedimos para nosso setor de engenharia se será feito o reparo na parte da estrutura metálica ou a troca por completo, aquilo que terá um custo-benefício melhor para o município. Por enquanto estamos estudando”.

Localização da rodoviária
“Foi o melhor prédio que nós encontramos. Não existe um prédio que tenha condições ideias para receber uma rodoviária. Não há previsão para isso. Lá, foi o melhor ponto que encontramos: uma região central, que não tivesse tantas residências no entorno e que tivesse as acomodações necessárias aos comerciantes que estavam na rodoviária”.

Aluguel da rodoviária
“O aluguel a princípio é pago pela prefeitura porque existe uma licitação com aqueles comerciantes. Como a prefeitura precisou deslocá-los, o departamento Jurídico entende que a prefeitura precisa manter esses alugueis. Se houver um entendimento diferente nós vamos repassar para eles. Mas a princípio é por conta da prefeitura”.

Situação do ginásio
“Não é um prédio ideal para abrigar os funcionários e atender a população, mas para não gerar novos custos, novos alugueis, foi o melhor prédio público que encontramos. Haja vista que desde quando assumi, em pouco mais de 40 dias, percorri grande parte dos prédios públicos e infelizmente a grande maioria está em uma situação deplorável. A grande maioria precisa de algum tipo de reforma, como o ginásio aqui que precisa também. Mas hoje o ginásio oferece a segurança para as pessoas que aqui frequentam e aos funcionários que aqui trabalham.”