Escola Dr. Edgar recebe viagem tecnológica

Escola Dr. Edgar recebe viagem tecnológica

Uma parceria entre a Faculdades Integradas Urubupungá (FIU), de Pereira Barreto, e a Diretoria de Ensino – Região de Andradina, proporcionou uma viagem tecnológica para os alunos da escola Dr. Edgar Raimundo da Costa. Nos dias 9 e 10 de outubro eles participaram de palestras sobre como a tecnologia impactará o futuro da sociedade e tiveram acesso a vários equipamentos que não fazem mais parte do cotidiano.

O objetivo do encontro foi dar visibilidade aos projetos didáticos envolvendo aprendizagens do currículo por meio do desenvolvimento de recursos tecnológicos, disseminar boas práticas e oportunizar troca de conhecimento. Para participar da viagem tecnológica os próprios alunos foram convidados a desenvolver projetos por conta da disciplina Eletiva utilizando placas de arduino e acessórios de robótica.

“Durante a elaboração e construção dos projetos foram desenvolvidas atividades que incentivaram a aprendizagem em matemática, física, eletricidade, eletrônica, informática e robótica. Esses trabalhos despertaram nos alunos aptidões para diversas áreas, inclusive nas áreas de engenharia e afins”, explica o professor José Cesar Fanhani.

Os trabalhos apresentados fazem parte das disciplinas Eletivas que compõem uma das inovações metodológicas da Parte Diversifica do Programa Ensino Integral da Secretaria de Estado da Educação. Isso possibilita aos alunos a oportunidade de enriquecer seu próprio currículo; diversificar, aprofundar conceitos, procedimentos ou temáticas de uma disciplina ou área de conhecimento; desenvolver estudos de acordo com os focos de interesses relacionados aos seus projetos de vida; favorecer a aquisição de competências específicas para a continuidade dos estudos e para a inserção e permanência no mundo do trabalho são os objetivos das Eletivas.

Segundo Marcos Menezes, coordenador de núcleo pedagógico da Diretoria de Ensino, essa parceria é importante porque a FIU traz informações e equipamentos e os alunos são incentivados a criar projetos que acabam abrindo a mente para áreas que talvez não teriam tanto interesse se ficasse apenas na teoria.

Passado: alunos tiveram acesso a vários equipamentos que não fazem mais parte do cotidiano