Mirandópolis tem 11 casos suspeitos de coronavírus; Lavínia, 5

Mirandópolis tem 11 casos suspeitos de coronavírus; Lavínia, 5

A prefeitura de Mirandópolis, por meio do setor da vigilância epidemiológica, divulgou nessa sexta-feira (3) a investigação de 11 casos suspeitos do novo coronavírus na cidade. Último levantamento informado pelo departamento de Saúde – na quarta (1º) – apontava oito casos.

Conforme a vigilância, os 11 casos que estão em investigação são referentes a nove homens e duas mulheres, entre eles quatro profissionais da saúde e três presos da penitenciária.

Sobre as idades dos pacientes, o departamento informou que:

– 1 pessoa tem idade entre 20 e 29 anos;

– 4 pessoas têm idades entre 30 e 39;

– 2 pessoas têm idades entre 40 e 49 anos;

– 1 pessoa tem idade entre 50 e 59 anos;

– 1 pessoa tem idade entre 70 e 79 anos;

– 2 pessoas têm idades acima de 80 anos;

Ainda segundo a vigilância, não houve caso de internação para três pessoas. Amostras de secreção naso e orofaríngea foram colhidas e encaminhadas ao Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo, de todos os pacientes internados e dos profissionais da saúde com sintomas respiratórios. Até o momento, todos os suspeitos aguardam resultados.

O departamento de Saúde informou ainda que os pacientes com sintomas respiratórios leves diagnosticados nas unidades básicas de saúde e os que recebem alta hospitalar são monitorados por equipe médica até completar o período de isolamento domiciliar de 14 dias.

LAVÍNIA

O departamento de Saúde de Lavínia informou também na sexta que o município possui cinco casos suspeitos de covid-19. Os suspeitos são referentes a duas pessoas do sexo masculino e três do sexo feminino. Entre eles, um paciente se encontra internado e outro é preso do regime penitenciário.

A faixa etária dos pacientes são:

– 1 suspeito com idade até 19 anos;

– 1 suspeito com idade entre 20 e 29 anos;

– 3 suspeitos com idade entre 50 e 59 anos.