CRÔNICA: Escolinha do professor Raimundo

CRÔNICA: Escolinha do professor Raimundo

Assistia a escolinha do professor Raimundo esses dias, quando um de meus personagens prediletos, Seu Ademar Vigário, foi chamado a frente pelo professor Raimundo para tentar explicar as atitudes insanas e antidemocráticas do atual presidentíssimo Messias.


Seu Ademar Vigário, pomposo como de costume e sem saber muito bem a resposta, utilizou-se de sua estratégia que consistia em muito garbo e elegância para apontar o professor Raimundo como mestre do sujeito da questão a fim de tentar enrolar o mesmo. Então, começou:


− Vou revelar alguns segredos sobre o nosso presidente Messias! Poucos sabem nesta sala que nosso presidentíssimo contratou um coach para treiná-lo desde a campanha eleitoral! Um conselheiro que o orienta em todas as falas mal ditas, os desrespeitos, as idiotices e má decisões tomadas! Messias tem por trás, um sábio mestre cujo último conselho, baseado nos mais recentes estudos divulgados pelas universidades de Insta Gram e Whats Up, foi a distribuição da cloroquina, que, segundo os estudos citados, cura a o Covid, mas, infelizmente, pode ter alguns efeitos colaterais, dentre eles a morte.


Neste momento, toda a classe, curiosa por saber quem é a musa inspiradora de Messias, pergunta ensandecida:


− Quem?! Quem?! Quem?!


Ademar Vigário, aproveitando a empolgação, mas lá no fundo já aguardando sua nota baixa, aponta para seu mestre e diz:


− Raimundo, Raimundo Sodário!!!


Raimundo, surpreendendo Sr. Ademar Vigário, responde:


− Parabéns! Mesmo esquecendo de mencionar meu histórico de atleta sem nunca nem ter feito educação física, você vai tirar seu primeiro 10!

Ademar Vigário agradece, surpreso, dizendo:

− Grato, excelentíssimo mestre, arrogância acima de tudo, inconsequência acima de todos!

Por Lucas Rafael de Castro Bettone, Bacharel em Ciências do Esporte e Especialização em Futsal: Teoria e Metodologia do Treinamento