‘O projeto é fundamental para adoção dos gatos e também para saúde pública’, diz Domynike Dias sobre o Gateiras do Brasil

‘O projeto é fundamental para adoção dos gatos e também para saúde pública’, diz Domynike Dias sobre o Gateiras do Brasil

Conversamos com Domynike Dias Mustafa para conhecer melhor seu projeto Gateiras do Brasil. Empresária, Domynike sempre teve nos gatos uma paixão, primeiro como animal de estimação, depois ao estruturar um projeto independente para ajudar animais abandonados. Confira abaixo a entrevista completa.

Você nasceu aonde?
Nasci em Ilha Bela, mas minha infância e juventude foi em São Paulo, capital.

Sempre teve animal em casa?
Sim, desde pequena meus pais tiveram cachorro e gato, mas o felino sempre foi a minha paixão. O gato é um animal companheiro, brincalhão e amoroso, se você tiver amor para dar, ele vai retribuir em dobro.

Porque montou o projeto em Mirandópolis?
Meu marido, o Eduardo Mustafa, é daqui da cidade. Nós morávamos em São Paulo e em 2018 tivemos uma flexibilização nos nossos trabalhos, com isso decidimos vir morar no interior para buscar qualidade de vida. Andando pelas ruas da cidade vi muitas colônias de gatos em casas abandonadas e praças, com isso aos poucos fui resgatando alguns gatos para cuidar e castrar e assim colaborar com os animais e com a saúde pública.

Como funciona o projeto?
O Gateiras do Brasil é um projeto independente, de castração de gatos e adoção responsável com objetivo de fazer o Projeto C-E-D (Capturar – Esterilizar – Devolver no local de origem), devido principalmente a dificuldade de abrigar todos esses animais em um único espaço. Na verdade, alguns bebês (filhotes) e gatos mansos entram na lista de adoção, por isso a necessidade de ajuda por conta do alto custo com Leite Pet Milk, ração, areia, vermífugo, anti-pulga, vitamina, suplemento alimentar, medicamento, tapete higiênico, algodão, água boricada, caixa de transporte, brinquedos pet, desinfetante veterinário, mamadeira, manta e muitas outras despesas que tenho diariamente. Conto com ajuda de pessoas que acompanham meu trabalho via internet, por meio do Gateiras do Brasil no Instagram e Facebook, assim como alguns moradores de São Paulo e também de Mirandópolis que entendem a importância desse trabalho para a sociedade.

Você resgata e leva para casa?
Infelizmente não tenho um espaço apropriado para fazer esse resgate até conseguir uma doação, até mesmo por isso o projeto funciona hoje no sistema C-E-D. Até resgato alguns gatos e deixo em um espaço improvisado que montei no fundo de casa. Estou no limite de animais resgatados, infelizmente. Estamos realizando uma vaquinha online para levantar verba para conseguir a compra de um terreno, daí estruturando esse local teremos um espaço adequado.

Quais são os resultados na prática?
Fazemos esse trabalho em Mirandópolis há cerca de dois anos, sendo fundamental até para manter o controle da procriação, evitando o sofrimento de animais na rua, assim como ajudando na saúde pública. Já resgatamos diversos gatos, cuidamos quando alguma necessidade médica, castramos e depois devolvemos no local de origem. Os filhotes nós procuramos um lar responsável, ou seja, pessoas que tem telas em suas casas ou que o gato não tenha acesso para a rua. Já conseguimos muitas doações entre as várias cidades do estado de São Paulo. O mais importante é o gato ir pronto para o adotante, isso quer dizer, castrado, vermifugado e vacinado.

O bazar que montou reverte para o projeto?
Isso, estou com o bazar Gateiras do Brasil na Rua Joaquim Alves Filho, 743, cujo objetivo é levantar fundos para quitar procedimentos médicos e também gastos com rações e vacinas. Então recebemos doações de roupas, utensílios de casa, eletrodoméstico, bolsas, entre outras coisas. Estou feliz com o trabalho do bazar porque consigo ajudar no projeto e também de certa forma ajudar as pessoas, já que nossos produtos tem um preço especial.

Vocês recebem alguma ajuda financeira?
Não recebemos recurso do governo e mantemos o projeto apenas com doação de colaboradores. Caso alguma empresa ou empresário queira conhecer melhor nosso projeto estamos a disposição, ter parcerias é fundamental para manter o projeto. Preciso aproveitar o espaço para agradecer todos as nossas colaboradoras do projeto Gateiras do Brasil, se não fossem elas não teriam como estar ajudando tantos animais abandonados.

Bazar Gateiras do Brasil está localizado na Rua Joaquim Alves Filho, 743. Foto: Divulgação