AEAN vai sediar reunião de entidades regionais de engenheiros e arquitetos

AEAN vai sediar reunião de entidades regionais de engenheiros e arquitetos

Nesse sábado (19), a AEAN (Associação dos Engenheiros e Arquitetos da Alta Noroeste) vai sediar a 2ª Reunião Ordinária da UNO (União das Associações de Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos do Novo Oeste do Estado de São Paulo). O evento contará com a presença do presidente do CREA-SP (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo), o engenheiro de telecomunicações Vinicius Marchese Marinelli.

Além de diretores da entidade anfitriã, participarão representantes de Andradina, Birigui, Fernandópolis, Ilha Solteira, Jales, Mirandópolis, Mirassol, Olímpia, Penápolis, Pereira Barreto, Santa Fé do Sul, São José do Rio Preto e Votuporanga, assim como do CDER (Colégio de Entidades Regionais de São Paulo), do IPEEA (Instituto Paulista de Entidades de Engenharia e Agronomia) e da Mutua – Caixa de Assistência dos Profissionais do CREA.

A pauta inclui a discussão do Termo de Colaboração 2021 PTA (Plano de Trabalho Anual), que é o instrumento por meio do qual são formalizadas as parcerias estabelecidas entre o CREA-SP e as entidades classistas de engenheiros e arquitetos.

Na ocasião também será feita a entrega de doações à Casa de Apoio São Francisco, de Araçatuba, que atende pacientes de outras localidades em tratamento oncológico na Santa Casa local, além assuntos gerais. O evento está previsto para começar às 11h, com conclusão às 13h, sendo que serão respeitados todos os protocolos sanitários relativos à Covid-19.

A AEAN

Fundada em 1965, a AEAN surgiu com o objetivo de integrar os profissionais que trabalhavam na área de engenharia e de arquitetura de toda a região administrativa de Araçatuba. Com a abertura de entidades semelhantes em outros municípios, a AEAN abrange atualmente as cidades de Araçatuba, Bento de Abreu, Guararapes, Rubiácea, Santo Antônio do Aracanguá e Valparaíso. Na prática, a associação atua em favor das demandas dos seus associados junto às autoridades e outras entidades classistas, como o CREA-SP. A associação também promove uma série de ações que completam a formação do profissional associado.