Ocorrências da Semana: veja o que aconteceu em Mirandópolis

Ocorrências da Semana: veja o que aconteceu em Mirandópolis

BATEU A MOTO

Um pedreiro, de 52 anos, compareceu ao plantão policial na quarta-feira (4) informando que no dia anterior, no período da tarde, enquanto trafegava com sua moto na rua Alcides Faleiros, próximo da praça em Mirandópolis, na preferencial sentido bairro-centro, um veículo não respeitou a sinalização de pare e atingiu sua moto. O pedreiro caiu no chão, sendo que de imediato o homem, parou o veículo para prestar assistência, bem como esperou a ambulância socorre-lo para o hospital. A vítima ficou o tempo todo consciente, sofreu lesões nas costas, no ombro, na costela e cabeça. A moto sofreu danos no manete direito, carenagem dianteira, lanterna lateral, pisca alerta e retrovisores. A vítima ainda não teve contato com o homem do carro, porém ficou sabendo que ele foi até o hospital posteriormente e falou com seu irmão.

GOLPE DO WHATSAPP

Um aposentado de Mirandópolis, de 56 anos, esteve na delegacia na terça-feira (3) informando que seu celular foi clonado e seu irmão recebeu uma mensagem via WhatsApp, de uma pessoa se passando por ele. Na mensagem ele pedia R$ 1.750 emprestado com urgência, sendo que o novo telefone era porque tinha trocado de número. Pensando em ajudar o irmão, a vítima realizou uma transferência por meio de PIX no referido valor. Outras pessoas da lista de contato do aposentado também foram contatadas, porém, acabaram desconfiando se tratar de um golpe e não depositaram nenhum valor.

ESTELIONATO EMERGENCIAL

Um motorista, de 31 anos, foi até o plantão policial na terça-feira (3) relatando que, ao fazer a sua declaração de imposto de renda, foi constatado que teria que fazer a devolução de um valor referente ao Auxilio Emergencial, o qual a vítima não teria sacado. Ao procurar a Caixa Econômica para assim proceder, ou seja, regularizar a situação, foi informado sobre o saque de R$ 1.200 em seu nome. O saque indevido ocorreu no autoatendimento de Mirandópolis, sendo que o banco informou que a vítima deveria procurar o plantão policial para o registro do fato.