Em parceria com grêmio estudantil, escola Noêmia Dias Perotti desenvolve série de projetos e atividades pedagógicas

Em parceria com grêmio estudantil, escola Noêmia Dias Perotti desenvolve série de projetos e atividades pedagógicas

Após o retorno das aulas presenciais, a Escola Estadual Noêmia Dias Perotti, vem se mostrando cada vez mais ativa ao se tratar do desenvolvimento de projetos e atividades que estimulam a interação e a conscientização dos alunos.

Ainda neste mês de setembro, diversas atividades já foram realizadas através de uma parceria entre os alunos matriculados, representantes da chapa eleita “todos tem voz”, do grêmio estudantil.

De acordo com a vice-diretora Márcia Regina Pereira Rocha, professora orientadora responsável pelo grêmio estudantil, a atuação dos alunos na elaboração de projetos pedagógicos é muito importante, pois ao ajudarem na organização os jovens passam a ter a oportunidade de se tornarem protagonistas e não apenas espectadores.

TRADIÇÕES DO FOLCORE

Todas as turmas do 6º ao 9º ano puderam participar no último dia 25 de agosto, do projeto folclórico “tradições do Folclore”, desenvolvido pelo grupo docente da escola Noêmia Dias Perotti, com o objetivo de engajar os estudantes e resgatar a cidadania e as tradições culturais dos alunos, que permaneceram durante muito tempo em casa.

Durante o projeto foram confeccionados cartazes e desenvolvidas atividades de artes, parlendas, trava-línguas e lendas, a participação dos alunos, segundo uma das professoras responsáveis, Rosana Toledo Pedrozo, foi através de apresentações de música e de dança.

“O projeto contou com a participação de vários professores, entre eles, o professor Bonfilho ensinou os alunos a dançar ‘Catira’ e as alunas Maria Isabel e Nicolly foram orientadas pela professora Cintia Miloca para cantarem a música ‘Asa Branca’. Além disso, as professoras Rosana e Ana Cláudia orientaram os alunos nas atividades escritas e durante as aulas de geografia a aluna Karen, do 3º Novotec confeccionou um mapa de todas as regiões do Brasil, sob a orientação da professora Adriana Miguel”, revela a professora.

CULTURA DA PAZ

“No final do mês de agosto nós viemos planejando realizar uma ação para a campanha ‘Setembro Amarelo’. Durante esse período os alunos confeccionaram cartazes e convidaram sob minha orientação, a psicóloga da cidade de Lavínia, Daiane Milhan, para uma palestra e para uma roda de conversa sobre a valorização da vida”, informa a vice-diretora.

A ação foi realizada no dia 10 de setembro, com alunos do 8º e 9º ano, no pátio da escola Noêmia Dias Perotti e transmitida online pela plataforma Google Meet, aos alunos que participam das aulas remotamente.

Márcia conta, que a ideia de convidar uma profissional em psicologia para ministrar as atividades surgiu com a intenção de desenvolver o tema com mais propriedade, abordando não somente a questão do “suicídio”, mas voltando o projeto para a valorização da vida e a conscientização sobre a importância de se estar bem consigo mesmo para conseguir ajudar ao próximo e a si mesmo.

PROGRAMA DIGNIDADE ÍNTIMA

Nesta quinta-feira (16), a equipe docente e o grêmio estudantil Todos Tem Voz, colocou em prática o projeto Dignidade Íntima, lançado pelo governo do estado de São Paulo para a compra e a distribuição de produtos de higiene menstrual para as estudantes da rede estadual de ensino, com o objetivo de beneficiar principalmente as jovens em situação de vulnerabilidade econômica e social, em vista que de acordo com dados da Organização das Nações Unidas (ONU), estima-se que 1 entre 10 meninas no mundo sofrem com o impacto da pobreza menstrual durante a vida escolar e no Brasil o número estimado é ainda menor, sendo de 1 a cada 4 meninas.

“O programa Dignidade Íntima abrange todas as alunas na escola, então serão ofertados absorventes para todas as meninas, mas dando prioridade para as alunas que passam por maior vulnerabilidade, para que também levem os kits com absorventes para a casa”, explica a vice-diretora.