Região de Araçatuba cria mais de 2,5 mil empregos em abril; em Mirandópolis foram 178 admissões em abril

Região de Araçatuba cria mais de 2,5 mil empregos em abril; em Mirandópolis foram 178 admissões em abril

Foto: Arquivo AGORA

O Estudo Emprego Formal, da Fundação Seade, aponta que a Região de Araçatuba registrou a criação de 2.571 empregos formais no mês de abril de 2024, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – Caged.

Em 2024, de janeiro a abril, foram criados 8.717 empregos formais na região de Araçatuba. No mês de abril, os novos postos de trabalho na região se dividiram pelos seguintes setores: serviços (1.110); indústria (936); agricultura, pecuária e pesca (425); comércio (89); e construção (11).

Em todo Estado, esse número é de mais de 288 mil empregos formais, crescimento de 2,1% em relação ao mesmo período do ano anterior, representando 30% do total dos empregos criados no Brasil (958 mil), no período.

MIRANDÓPOLIS E LAVÍNIA

De acordo com o Estudo Emprego Formal da Fundação Seade, os números relativos ao mês de abril revelaram movimentações distintas nos municípios de Mirandópolis e Lavínia.

Em Mirandópolis, foram registradas 178 admissões e 114 desligamentos, resultando em um saldo positivo de 64 novas admissões. Esses dados abrangem os setores de agricultura, comércio, construção, serviços e indústria, refletindo um cenário de crescimento e estabilidade no mercado de trabalho local.

Por outro lado, em Lavínia, houve 13 contratações e 11 desligamentos, o que resultou em um saldo positivo de 2 novas admissões. Apesar de uma movimentação menor em comparação com Mirandópolis, o município também apresentou um resultado favorável, indicando uma tendência positiva no mercado de emprego formal na região.

Esses dados demonstram a dinâmica do mercado de trabalho nessas localidades, refletindo não apenas as oscilações econômicas, mas também o esforço contínuo em manter e gerar oportunidades de emprego para a população.


                       
1721509827