Helen Monzane: da paixão pela gastronomia à realização do sonho na Cafeteria Culinária Afetiva

Helen Monzane: da paixão pela gastronomia à realização do sonho na Cafeteria Culinária Afetiva

Foto: Allan Mendonça

Apaixonada por culinária desde criança, a decisão de colocar em prática o que estava no papel veio de forma natural para Helen Monzane. A cafeteria Culinária Afetiva, localizada no centro da cidade, na Rua Dom Pedro I, nº 1442, ao lado da floricultura Caminho das Flores, tem atendido amigos e clientes com muita alegria há mais de um mês servindo sobremesas, tais como bolos, brownies, palha italiana, assim como tapiocas, cafés, doces, lanches, salgados e uma variedade de bebidas.

INTERESSE PELA GASTRONOMIA

Aos seis anos, ao se arriscar e preparar seu primeiro bolo de massa branca em forma de pudim, ela ousou mesmo sem experiência prévia. Quase deu certo, se não fossem as acerolas colhidas no quintal do avô, as quais, na época, ela acreditava que dariam certo. Sua imaginação foi influenciada pelos desenhos da época, como Branca de Neve, mas o bolo não ficou tão saboroso quanto esperado. Apesar disso, as risadas dos familiares foram um incentivo. Influenciada pelo talento culinário de seu pai, Nelson, que cozinhava de forma brilhante, Helen não desistiu na primeira tentativa. Admirando-o tanto, ela seguiu seus conselhos e não permitiu que esse pequeno desafio a fizesse desistir. Assim, foi em busca de seus sonhos.

Cafeteria Culinária Afetiva está localizada na rua Dom Pedro I, nº 1442. Foto: Allan Mendonça

TRAJETÓRIA

A trajetória até chegar à cafeteria demorou um pouco devido a imprevistos no caminho. Após o encerramento da loja country, que era uma de suas paixões, e a saída do curso de veterinária, ela decidiu se aventurar morando sozinha com o filho Benício, de 10 anos. Após trabalhos temporários em algumas empresas, ela lembrou que uma amiga, Bruna de Lima, pediu-lhe para fazer um bolo. “Sempre gostei de cozinhar; fiz um ano de gastronomia em São Paulo em 2010, mas infelizmente tive que voltar.” Ao retornar à cidade, ela estava ansiosa para se envolver com a culinária, mas os desafios eram grandes. Com o tempo e as atividades secundárias, esse desejo acabou sendo deixado em segundo plano. “Cozinhar para amigos e familiares sempre foi a minha forma de expressar amor.”

Mesmo trabalhando na Boticário em uma jornada intensa, ela continuava a atender encomendas que chegavam, sendo autodidata e aprendendo rapidamente. O desejo de ter seu próprio negócio estava latente em seu coração, algo simples como sua cafeteria hoje em dia. “Sempre sonhei em abrir um bistrô, e esta é uma realização para mim. É muito gratificante.”

Após seis anos, ela tomou coragem de deixar a loja para se dedicar à confeitaria. “As coisas começaram a acontecer muito rapidamente.” Ela não esperava a quantidade de pedidos de bolos e doces, e a liberdade que suas clientes concediam-lhe era sua paixão. “Gosto de entender o desejo do cliente e usar a minha criatividade. Foi algo novo para a cidade; ver a reação das pessoas ao receberem um bolo personalizado é extremamente gratificante.”

“Estou aqui pelo apoio dos meus familiares, amigos e meu filho, pois foi uma decisão muito difícil. O maior desafio foi dar o primeiro passo e o começo tem sido incrível, poder produzir os doces e lanches com muito carinho para cada um que vem prestigiar entendendo o gosto e colocar em pratica a necessidade de cada cliente em especial.

Cafeteria serve bolos, brownies, palha italiana, assim como tapiocas, cafés, doces, lanches, salgados e uma variedade de bebidas. Foto: Allan Mendonça

A CAFETERIA

O ambiente acolhedor e agradável proporcionam aos clientes um lugar para desfrutar de um café ou experimentar os lanches oferecidos pelo estabelecimento. Ainda em fase de planejamento e em busca da identidade do negócio, a cafeteria serve tapiocas, cafés, doces, lanches, salgados e uma variedade de bebidas. Além disso, aceita encomendas de bolos e doces. “Estou nos primeiros passos; ainda há muito por vir, por isso estou aprendendo e me esforçando para oferecer o melhor aos meus clientes”, finalizou Helen.

Os horários de atendimento são de terça a sábado, das 7h30 às 11h e das 13h às 19h, e aos domingos, das 15h às 19h. Localizada na rua Dom Pedro I, nº 1442, ao lado do Caminho das Flores.


                       
1721513724