Santa Casa de Birigui faz segunda captação de órgãos do ano

Santa Casa de Birigui faz segunda captação de órgãos do ano

A Santa Casa de Birigui realizou nesta quinta-feira (1º), a segunda captação múltipla de órgãos do ano. O procedimento durou aproximadamente cinco horas ao todo. O doador foi um jovem de 20. Foram doados, fígado, rins, córneas, pâncreas e válvulas cardíacas. A captação do fígado foi feita por uma equipe do Hospital de Base de São José do Rio Preto que será levado, via transporte aéreo, para um paciente que estava na fila de transplante. O pâncreas também foi encaminhado para um paciente que estava na fila

Já o coração será levado para Curitiba, para processamento de válvulas cardíacas que podem beneficiar até duas pessoas. Geralmente, os pacientes que recebem essas válvulas costumam ser crianças, segundo o Médico Coordenador, Dr. João Fernando Picollo, da Organização de Procura de Órgãos, de São José do Rio Preto. As córneas coletadas irão para o Banco de Olhos do Hospital de Base.

“Existe um sistema estadual e nacional de captação de órgãos preparados para esse tipo de demanda. E, principalmente, nós contamos com a nobreza e a compreensão das famílias que entendem  a importância desse momento. Fundamental ressaltar que a doação acontece simultaneamente ao transplante, ” conclui Dr. João Fernando.

A gerente de enfermagem da Santa de Birigui, Bruna  Teixeira, membro do CIHDOTT (Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante), ressaltou a importância do processo realizado e como é essencial a autorização da família para a doação de órgãos, uma vez que, o doador pode beneficiar até sete pessoas inclusive crianças, como foi o caso de hoje.


                       
1721612529