Injúria, pipa com cerol e drogas: confira as ocorrências da semana

Injúria, pipa com cerol e drogas: confira as ocorrências da semana

INJÚRIA E DIFAMAÇÃO

Uma diretora de escola de Mirandópolis, de 50 anos, esteve no plantão policial na sexta-feira (26) relatando que há cerca de 20 dias, uma mãe de aluna, publicou no Facebook uma mensagem carregada de acusações infundadas, com o seguinte teor: diretores não dão conta de cuidar dos alunos, escola sem servente, alunos parecendo bichos, alunos brigando. Segundo o boletim, a autora da postagem acusou os servidores da escola de não tomarem providências, referindo a escola como um palco de circo. Ao final da publicação, exigiu parar as aulas presenciais, que foram retomadas no início de agosto. Diante desta atitude, foi feito um contato telefônico da diretoria com a autora pedindo para que ela comparecesse a escola para uma conversa. No momento da ligação, ela falou desenfreadamente, não permitindo um diálogo, cujo propósito era convidá-la para prestar esclarecimentos, além disso, para tentar corrigir a visão distorcida que ela tem do ambiente escolar e dos servidores. De forma agressiva e desrespeitosa, a autora finalizou a ligação declarando que não ia à escola conversar com ninguém. Depois da conversa, a mulher voltou a fazer novas postagens em suas redes sociais. Sentindo-se lesada com a conduta da investigada, a diretora procurou o plantão policial para o registro do fato para requerer providências.

PIPA COM CEROL

Dois homens estiverem na delegacia na segunda-feira (30) informando que estavam com uma criança, de 12 anos, no campo de aviação de Mirandópolis, que fica atrás do Clubinho da Prefeitura, assistindo um festival de pipas. Eles chegaram por volta das 13 horas, sendo que a criança foi andar de bicicleta no local, quando foi atingida por uma linha com cerol e teve seu pescoço cortado. A vítima foi levada ao Hospital Estadual, onde passou por atendimento médico, recebendo três pontos na região do pescoço do lado esquerdo.

DROGAS NA RONDON

Um adolescente foi detido por policiais rodoviários do TOR (Tático Ostensivo Rodoviário) na rodovia Marechal Rondon, em Valparaíso, por tráfico de drogas, durante desencadeamento da “Operação Paz e Proteção”, na tarde de sábado (28). Os policiais faziam patrulhamento quando abordaram um ônibus de linha interestadual e, após comportamento suspeito de um passageiro, foi vistoriada sua mochila, onde foram localizados 22 tijolos de maconha. O passageiro foi identificado e policiais constataram que era um adolescente. Ele foi apreendido por ato infracional de tráfico de drogas e a ocorrência encaminhada ao DP de Valparaíso, de onde o jovem foi encaminhado para a Fundação Casa de Araçatuba. No total os policiais apreenderam 22 tijolos de maconha que pesaram 15,9 quilos.


                       
1713755281