Sisem envia nota de repúdio ao vereador Comandante por conta das declarações sobre a ‘farra das horas extras’

Sisem envia nota de repúdio ao vereador Comandante por conta das declarações sobre a ‘farra das horas extras’

Aconteceu na segunda-feira (13) a 18ª sessão ordinária da Câmara de Mirandópolis. Entre as pautas estavam 8 indicações, 1 projeto de lei e 1 moção de aplauso. Além disso, no início da sessão foi lida uma nota de repúdio enviada pelo Sindicato dos Servidores Municipais de Mirandópolis (Sisem) por conta das declarações do vereador Emerson Carvalho, o Comandante, proferidas na sessão realizada em 9 de setembro.  Na ocasião, ele fez comentários a respeito de uma suposta ‘farra das horas extras no setor público de Mirandópolis’.

NOTA DE REPÚDIO

O Sisem – Sindicato dos Servidores Municipais de Mirandópolis, no cumprimento do dever estatutário de zelar pela defesa dos direitos e da honra dos nossos servidores públicos municipais, vem a público repudiar veementemente as declarações proferidas pelo vereador, Sr. Emerson Carvalho Souza, popularmente conhecido por “Comandante”, por ocasião da sessão da Câmara Municipal realizada em 9 de setembro de 2021, o qual teceu comentários a respeito de uma suposta “farra das horas extras no Setor Público de Mirandópolis”.

Ao utilizar o difamatório termo “farra das horas extras”, o vereador, Sr. Emerson Carvalho Souza, ofende a honra dos servidores públicos municipais que diariamente cumprem suas jornadas de trabalho e, por muitas vezes, devido às inúmeras demandas públicas, precisam prolongar suas jornadas e trabalhar aos sábados, domingos e feriados para darem conta de todo serviço exigido. É importante ressaltar que, incluídos neste grupo, encontram-se todos os servidores que, durante os longos meses da pandemia da Covid-19, colocaram-se e ainda permanecem à disposição para acudir a população de Mirandópolis em um momento de grave crise sanitária.

A acusação levantada pelo vereador encontra-se desacompanhada de qualquer elemento mínimo de prova, colocando em total descrédito as suas irresponsáveis alegações. A indispensável função fiscalizadora do vereador deve ser realizada de maneira ética e responsável, apurando-se eventuais irregularidades cometidas por quem quer que seja com profissionalismo, seriedade e técnica, e não mediante o simples uso da tribuna para proferir insultos e ofensas que somente possuem a finalidade de inflamar a população.

Assim, diante da acusação tão irresponsável por parte do vereador, o Sisem posiciona-se em favor dos direitos trabalhistas de nossos servidores filiados e não-filiados, buscando garantir seu cumprimento e repudiando qualquer fato ou declaração que atente contra a moral e honra de toda uma categoria, bem como a reputação de nossa entidade, que completará, com muito orgulho, 33 anos de existência e de defesa dos Servidores Públicos Municipais de Mirandópolis.

INDICAÇÕES

Os vereadores Emerson Carvalho e Magali Maziero indicam a revitalização da pintura da Via Amarela (destinada ao fluxo de caminhões), localizada no início da rua Ângelo Matara sentido a usina Raízen.

Já Monica Machado solicita ao prefeito de Mirandópolis, Everton Sodario, uma providência na iluminação pública que fica na rua José Carlos de Araújo, continuidade da rua Rafael Pereira, no bairro Jardim Sampaio II. A vereadora ainda fez uma segunda indicação em relação a pavimentação asfáltica na rua José Carlos de Araújo.

O edil Roberto Gonçalves indica a implantação de um “camaleão”, tipo lombada, na estrada rural do bairro Três Pontes, próximo a propriedade do Vicente Paula Rodrigues. O vereador fez uma segunda indicação pedindo que o órgão competente estude a possibilidade de fazer um acostamento na entrada da Vila Nova, localizada na estrada vicinal Tadashi Hatori.

Outras duas indicações foram propostas pelo vereador Tiago Soares. As duas foram no sentido de providenciar a instalação de energia solar, sendo uma indicação para o paço municipal e outra no Saaem (Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Mirandópolis).

Vale ressaltar que a indicação parlamentar não tem caráter obrigatório. Cabe a prefeitura decidir se acata ou não o pedido do vereador.

MOÇÃO DE APLAUSO

O vereador Afonso Carlos Zuin colocou na pauta uma moção de aplausos ao médico e cidadão mirandopolense Diego Shiguemi Ikejiri, em reconhecimento a carreira médica e as significativas contribuições dentro da Medicina, especialmente pelo trabalho pioneiro em cirurgia robótica na área de Urologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

Diego Ikejiri com a família recebendo a moção de aplauso

PROJETO DE LEI

Entrou na pauta o projeto do vereador Tiago Soares que dispõe sobre obrigatoriedade de identificação nos veículos oficiais, de propriedade ou a serviço da administração pública municipal.