Município de Mirandópolis divulga relatório econômico de 2021, com resultados positivos

Município de Mirandópolis divulga relatório econômico de 2021, com resultados positivos

A Prefeitura de Mirandópolis divulgou através do Departamento de Desenvolvimento Industrial e Comercial de Mirandópolis, o relatório econômico anual do município, com atualizações referentes até o mês de novembro do ano de 2021. O documento oficial está disponível para a consulta através das redes sociais do Departamento de Desenvolvimento de Mirandópolis e apresenta aos munícipes os dados do balanço anual, contendo informações sobre aberturas de empresas, mercado de trabalho, índices de exportações, valores de crédito concedidos via Banco do Povo, entre outras ações realizadas pelo departamento de Desenvolvimento Industrial e Comercial de Mirandópolis.

De acordo com o diretor da pasta, Glauco Bonfim Rodrigues, o ano de 2021 foi repleto de desafios, entre eles, o agravamento da pandemia da covid, com o início da Fase Vermelha do Plano São Paulo, no mesmo dia em que assumiu o cargo no município. “Fui nomeado como Diretor no dia 3 de Março, exatamente na data em que o Estado de São Paulo entrou na Fase Vermelha do Plano SP. Restrições ao comércio uniram-se à proibição de oferecer cursos presenciais de capacitação aos desempregados e aos que estavam em busca de aprimoramento enquanto não poderiam voltar ao trabalho”, revela o diretor através do relatório econômico.

Em entrevista para o jornal AGORA NA REGIÃO, Glauco explica que de início, a grande dificuldade que teve como diretor foi redesenhar o Departamento, que no passado havia sido alvo de críticas públicas com relação ao seu desempenho. “Sem citar outras gestões, de fato a estrutura administrativa dos Departamentos precisa ser remodelada. É por isso que está sendo construída, com diálogo entre todos os setores, a Reforma Administrativa que deve ser enviada para aprovação no ano que vem. Mas com relação ao Desenvolvimento, o meu maior desafio, que acredito ter sido em grande parte cumprido, foi o de fortalecer a vocação do Departamento, que é essencialmente a de induzir o crescimento econômico, qualificar o trabalho e mapear demandas e soluções para os diversos entraves ao investimento e ao ambiente de mercado de Mirandópolis”, conta o diretor.

BALANÇO ANUAL

Entre as ações desenvolvidas no ano de 2021, o Departamento de Desenvolvimento esteve à frente da reestruturação do Banco do Povo, com o objetivo de potencializar a sua produtividade e melhorar os resultados de concessão de crédito, que segundo dados do relatório público, até o mês de novembro pode conceder o total de R$ 1.380.462,06 em crédito via Banco do Povo, atendendo 65 empresas, sob um índice de inadimplência de 3,35%.

Glauco explica que, devido as fases do Plano São Paulo, os cursos presenciais oferecidos em parceria com o SEBRAE e SENAC, não puderam ser desenvolvidos até o mês de julho, no entanto, entre julho e novembro deste ano os cursos presenciais profissionalizantes retomaram e neste período 147 alunos do município foram matriculados.

Ainda de acordo com o balanço anual, o departamento registrou em 2021, o aumento de +145% do crescimento anual de empréstimos às MEs (microempresas) e MEIs (microempreendedor individual); arrecadou R$ 188.525,60 para o Tesouro Público através do “Leilão de Bens 2021”; criou uma estrutura de oferta permanente de cursos profissionalizantes e ainda incorporou em parceria com SEBRAE o programa de ensino Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP), contemplando 1.100 alunos da rede municipal de ensino.

MERCADO DE TRABALHO

Apesar dos desafios enfrentados, o diretor da pasta informa que em 2021 o saldo líquido de geração de emprego do município de Mirandópolis irá ser encerrado com o maior índice dos últimos 10 anos, tendo 319 pessoas empregadas, sendo que neste ano foram contabilizadas 1.259 contratações e 940 demissões. Além disso, até outubro, foram abertas 267 novas empresas, representando de acordo com o relatório, o 2º maior número de aberturas da história do município.

EXPORTAÇÕES

Em 2021, o maior parceiro comercial do município foi a Coréia do Sul, somando US$ 19,7 milhões em exportações. Segundo os dados informados pelo departamento de desenvolvimento, até outubro deste ano, foram exportados o total de US$ 37,5 milhões, com maior expressão na exportação de etanol.

METAS E OBJETIVOS

O diretor Glauco Bonfim Rodrigues revela que, vários projetos já estão em andamento para o ano de 2022. “Estive no evento Retoma SP, onde solicitei aporte financeiro ao Banco do Povo de Mirandópolis. Também tive reuniões junto da Associação Comercial de Mirandópolis para articular a vinda do programa Jovem Aprendiz no Município. Além de já estarmos em trabalho de planejamento para a vinda dos cursos profissionalizantes do Sistema S, que, na figura do SEBRAE, é hoje o maior parceiro da Prefeitura e do Desenvolvimento”, conta o diretor.

Confira abaixo os projetos programados pelo Departamento de Desenvolvimento Industrial e Econômico de Mirandópolis para o ano de 2022:

– Metas Banco do Povo: obter maior aporte financeiro junto ao Estado de São Paulo, para fortalecer o caixa e ampliar o acesso ao crédito aos empreendedores de Mirandópolis;

– Metas SEBRAE: visando contratar a vinda de ao menos seis cursos técnicos avançados em Unidades Móveis do Sistema S e do Estado de São Paulo (SENAC, SENAI, VIA RÁPIDA);

– Metas Desenvolvimento: com o objetivo de implantar a Incubadora de Empresas de Mirandópolis, trazer o programa Jovem Aprendiz para o município, reabilitar a Unidade de Atendimento ao Trabalhador, que se encontra desativada desde 2017 e criar o Balcão de Vagas para centralizar os currículos e ofertas de vagas de emprego.