Município divulga cronograma de limpeza para operação ‘Minha Cidade Mais Limpa’

Município divulga cronograma de limpeza para operação ‘Minha Cidade Mais Limpa’

O Município de Mirandópolis está desenvolvendo por meio do Departamento de Meio Ambiente a operação Minha Cidade Mais Limpa, que tem como objetivo incentivar os munícipes a realizarem o descarte correto de resíduos de limpeza, evitando assim, o acúmulo desnecessário de materiais descartáveis em quintais de todo o município.

Substituindo o antigo programa ‘Mirandópolis de Cara Limpa’, que vigorou por oito anos, a ação atual conta com um cronograma organizado por setores compostos pelos bairros do município, que está disponibilizado no site oficial da prefeitura (www.mirandopolis.sp.gov.br) e na página do Departamento de Meio Ambiente de Mirandópolis, no Facebook.

De acordo com o diretor da pasta, Rafael Marques, durante a operação estão sendo recolhidos resíduos oriundos de limpeza de quintais e móveis velhos, o que não inclui entulhos de construção e de reforma, materiais recicláveis ou lixo orgânico.

“Para os resíduos de construção e de reforma, é obrigatório que o munícipe faça a locação de caçambas de modo a coletar todos os resíduos gerados de acordo com a Lei número 2494/2010. Já os resíduos de poda de árvore, é obrigação do munícipe dar a destinação correta, conforme Lei 2614/2013, seguindo as orientações do órgão ambiental competente. Quanto aos materiais recicláveis e resíduos sólidos domiciliares (lixo domiciliar), Mirandópolis possui coleta diferenciada para cada tipo de resíduo e com cronogramas próprios. O reciclável é coletado pela Global – Cooperativa de Reciclagem de Mirandópolis, com apoio da Prefeitura. Já o lixo domiciliar, este é coletado pela Empresa ESN”, explica o diretor.

Todos os materiais a serem recolhidos durante a operação devem ser deixados pelos munícipes em frente às suas casas no final de semana que antecede a coleta do setor, devendo ser depositados nas vias públicas, de modo que não atrapalhem o trânsito dos veículos e que não ocupem o espaço das calçadas.

Segundo o informativo divulgado pela prefeitura, caso os moradores percebam entulhos descartados de maneira incorreta, podem denunciar ao Departamento de Meio Ambiente, através do telefone (18) 3701-4455, ou para o Departamento de Fiscalização, através do (18) 3701-9000.

Confira abaixo as formas corretas de realizar o descarte de resíduos e evitar o acúmulo nos quintais:

  • Vidros: podem ser descartados juntos aos materiais recicláveis, tomando os devidos cuidados quando este material estiver quebrado, sendo necessário embalar os cacos em papelão, dentro de caixas de leite, ou outra forma evitando acidentes no momento da coleta.
  • Lâmpadas: devem ser direcionadas ao Departamento Municipal de Meio Ambiente, que até o momento é o único local de descarte no município.
  • Aparelhos eletrônicos: podem ser descartados junto aos materiais recicláveis, para que a cooperativa faça a separação de materiais que podem ser reciclados e posteriormente o correto descarte.
  • Pilhas e baterias: devem ser descartadas nos locais onde foram compradas, promovendo assim a logística reversa, ou também podem ser encaminhadas ao Departamento de Meio Ambiente, onde existe um local para armazenamento e posterior destinação de cada item.

DENGUE E ESCORPIÃO

Ao adotar essas práticas para o descarte de resíduos os munícipes colaboram para a redução de criadouros de vetores e também ajudam a diminuir a proliferação de doenças como a dengue, que já somou 200 casos positivos durante o período de janeiro até maio deste ano, registrando o aumento de 44 casos se comparado ao mesmo período do ano de 2020, quando foram registrados pela vigilância epidemiológica 156 casos positivos, de acordo com a chefe do setor, Mariana Xavier Moraes do Amaral.

Já o número de ocorrências de picadas de escorpião baixou de 138 – registrado no ano de 2020, para 80 – número atual de casos relatados no período de janeiro a maio deste ano.


                       
1716385378