Justiça determina que governo de SP contrate 17 médicos para hospital estadual em Mirandópolis

Justiça determina que governo de SP contrate 17 médicos para hospital estadual em Mirandópolis

A Justiça de São Paulo determinou que o governador, João Doria (PSDB), contrate 17 médicos para o Hospital de Mirandópolis. A decisão é do juiz João Luis Monteiro Piassi e foi tomada após inquérito do Ministério Público apontar irregularidades na prestação de serviço da unidade. A informação foi publicada no portal G1.

Segundo o MP, partos e cirurgias deixaram de ser realizados no local por falta de profissionais. O governo paulista tem 90 dias para cumprir a determinação, sob risco de multa no valor de R$ 10 mil por dia. Mas cabe recurso da decisão.

Em nota, a PGE (Procuradoria Geral do Estado) informou que o Estado de São Paulo não foi intimado da sentença. Já a Secretaria de Estado da Saúde disse que tem atuado ao lado dos municípios “para salvar vidas e fortalecer a assistência à toda população, apoiando sempre os serviços de referência, inclusive o Hospital Estadual de Mirandópolis”. “Tanto é que o Governo do Estado de SP investiu mais de R$1,1 milhão desde o ano passado para reforço de profissionais na unidade, somando 23 contratos por tempo determinado, que contribuem para as áreas assistenciais e de ensino.”, disse a pasta em nota.


                       
1712956876