Mirandópolis e Lavínia: 36 presos não retornam após benefício da saída temporária

Mirandópolis e Lavínia: 36 presos não retornam após benefício da saída temporária

Dos 678 presos que receberam o benefício da saída temporária em março em Mirandópolis e Lavínia, 36 deles não retornaram para as unidades prisionais, segundo apurado pelo jornal AGORA NA REGIÃO diretamente com a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) na quinta-feira (24).

O Poder Judiciário é responsável pelas concessões das saídas temporárias. O benefício é previsto na Lei de Execução Penal e com as datas reguladas, no estado de São Paulo, conforme Portaria DEECRIM 02/2019. Saíram presos do regime semiaberto no período de 15 a 22/03, conforme tabela abaixo.

UNIDADESSaíram Não Retornaram% Não retornaram
Centro de Detenção Provisória de Lavínia4712,13%
Penitenciária “Vereador Frederico Geometti” de Lavínia (PI)7522,67%
Penitenciária “Luis Aparecido Fernandes” de Lavínia (PII)4924,08%
Penitenciária “ASP Paulo Guimarães” de Lavínia (PIII)7100,00%
Penitenciária “Nestor Canoa” de Mirandópolis I RSA336236,85%
Penitenciária “ASP Lindolfo Terçariol Filho” de Mirandópolis II10088,00%

A SAP informa que os dados podem sofrer atualizações.


                       
1713893782