Ocorrências da Semana: lesão corporal, furtos e estelionato

Ocorrências da Semana: lesão corporal, furtos e estelionato

LESÃO CORPORAL

Um aposentado de 59 anos esteve na delegacia de Mirandópolis na quinta-feira (24) informando que estava transitando com sua moto, na rua da sua residência, quando cinco cachorros que estavam na rua avançaram nele, fazendo com que perdesse o equilíbrio e caísse. Em frente da sua residência onde a vítima caiu depois do avanço dos cachorros, estava um homem que informou de quem seriam um dos cachorros, que não estava naquele momento na casa. O aposentado confirmou que mora neste endereço há apenas 20 dias, e que diariamente vê o cachorro atrapalhando o trânsito e avançando nas pessoas que ali passam. Devido a queda, a vítima sofreu lesões no joelho esquerdo e na canela direita, contudo não passou por atendimento médico naquela data, mas que irá procurar. A moto ficou danificada no guidão, farol, pedaleiras e retrovisor esquerdo. O aposentado confirma que realizou o orçamento para conserto dos danos e apresentou para a dona dos cachorros, que informou que no momento está desempregada e que não poderia arcar com os custos do conserto da motocicleta, bem como para ele procurar seus direitos.

FURTO DE FIOS

Um funcionário público municipal, de 54 anos, responsável pela fábrica de tubos da prefeitura de Mirandópolis, compareceu na delegacia local na sexta-feira (25) para informar que foram furtados, entre 14h do dia anterior e 8 horas da própria sexta, a fiação elétrica que havia do posto até o barracão, o que dá cerca de 120 metros. O funcionário disse que não tem ideia da autoria do delito, e que nem havia arrombamento ou vestígio.

OUTRO FURTO

Um comerciante de 38 anos foi até a delegacia de Mirandópolis na terça-feira (29) informar que no dia 15 de março foi até o barracão que aluga e verificou que a fiação que liga a rede elétrica ao padrão foi furtada. No local não há câmeras de segurança, nem guarda, sendo que o barracão fica fechado na maioria do tempo.

ESTELIONATO

Um senhor de 76 anos foi até a delegacia de Mirandópolis na segunda-feira (28) informar que por volta das 9h30, sua esposa recebeu uma mensagem no celular com a foto de sua filha dizendo “mãe, meu celular deu problema no visor, precisei deixar na assistência e estou com esse número provisório, qualquer coisa pode me chamar aqui. OK”. Depois, a suposta filha mandou outras mensagens e acabou pedindo dinheiro para um investimento. A mulher acreditou que era a filha e enviou um PIX no valor de R$ 4.890. Depois, o larapio pediu mais 10 mil reais, no entanto, quando o senhor foi ao banco o funcionário avisou que se tratava de fraude, por isso não fez uma nova transferência.


                       
1716550005