Região tem aumento nos furtos, roubos e homicídios; Mirandópolis se destaca com furtos e lesão corporal dolosa

Região tem aumento nos furtos, roubos e homicídios; Mirandópolis se destaca com furtos e lesão corporal dolosa

Por Lázaro Jr. (Hojemais Araçatuba) e Eduardo Mustafa (AGORA NA REGIÃO)

A região de Araçatuba registrou aumento nos casos de furtos, roubos e homicídios no mês de março, comparado com o mesmo período do ano passado, de acordo com o levantamento divulgado pela SSP (Secretaria de Segurança Pública). Os 43 municípios da região tiveram 709 furtos no mês, contra 615 em março do ano passado, aumento de 15,2%. No ano, já são 1.997 furtos registrados na região.

Com relação aos roubos, o aumento foi de 5,8%, passando de 52 para 55 ocorrências. No primeiro trimestre a região soma 150 assaltos registrados, contra 146 nos primeiros três meses de 2021.

HOMICÍDIOS

Porém, o maior aumento no comparativo mensal foi nos homicídios, com 13 ocorrências em março deste ano, contra apenas cinco no mesmo mês do ano passado. No comparativo anual o aumento é relativamente menor, somando 21 casos no primeiro trimestre de 2021, contra 24 nos primeiros três meses deste ano.

Com isso, as taxas dos últimos 12 meses, período que vai de abril de 2021 a março de 2022, ficaram em 11,14 casos e 11,53 vítimas de homicídios dolosos para cada grupo de 100 mil habitantes.

ESTUPROS

Ainda de acordo com a SSP, os estupros cresceram significativamente em março, somando 28 registros, nove a mais do que no mesmo período do ano passado. Foram 23 estupros de vulnerável e cinco estupros de adultos no período, enquanto no ano passado foram 17 estupros de vulnerável e dois de adultos no período.

Com relação aos roubos de veículo, foram dois no mês de março, um a mais no comparativo com o mesmo mês de 2021. Os furtos de veículos saltaram de 34 para 42 no período. No ano a região contabiliza 111 crimes do tipo.

A região não contabilizou casos de latrocínio e os roubos a banco e de carga também permaneceram zerados no mês.

EM MIRANDÓPOLIS

Os dados divulgados pela Secretaria de Segurança Pública) revelam que Mirandópolis contabilizou 97 inquéritos policiais instaurados nos três primeiros meses de 2022. Foram 31 em janeiro, 14 em fevereiro e 52 em março. Nesse mesmo período durante o ano passado foram 71 inquéritos, sendo 19 em janeiro, 25 em fevereiro e 27 em março.

Entre as principais ocorrências está o furto, com 62 inquéritos no primeiro trimestre. Na sequência estão lesão corporal dolosa (23 ocorrências) e roubos (3).

Entre as outras ocorrências nesse período foram contabilizadas homicídio doloso (1), lesão corporal culposa por acidente de trânsito (6), roubo (3) e furto de veículo (1).

PRODUTIVIDADE POLICIAL


                       
1716331895