Servidores públicos de Mirandópolis vão às urnas no próximo dia 15 em eleição do SISEM

Servidores públicos de Mirandópolis vão às urnas no próximo dia 15 em eleição do SISEM

As eleições do Sindicado dos Servidores Municipais de Mirandópolis (SISEM) ocorrem no próximo dia 15 de julho, a partir das 8h. Este ano a eleição sindical conta com apenas uma chapa, a “Resistência”, composta por nome já conhecidos do sindicato e algumas alterações que, segundo representantes do próprio sindicato, são para melhor atender todos os servidores do município. Ao todo são cinco urnas dispostas em alguns pontos da cidade e os servidores terão períodos específicos para realizar seu voto.

A primeira urna se encontra no prédio do Sisem, localizado na rua D. Pedro I, nº 2256, disponível das 9h às 17h; a segunda urna locada na UBS Nelson Yurasseck, Rua Brasil, n° 131, bairro Amandaba, despenderá das 8h às 9h para ser utilizada; a terceira urna na UBS Dr. Mario Covas, localizada na Rua João Francisco, bairro 1º Aliança, terá entre 9h30 e 10h30 para realizar a votação; a quarta urna, disponível das 13h às 14h, estará na UBS Antónia Maria dos Santos, na Rua Joaquim Ribeiro Araújo, bairro 2º Aliança; e a quinta e última urna, localiza-se na UBS Kozu Takeushi, Rua São Joaquim, nº 315, bairro 3º Aliança, das 13h às 14h.

A chapa necessita obrigatoriamente de um presidente, um diretor secretário, um diretor tesoureiro e um diretor social; bem como três conselheiros fiscais e três suplentes. E quem ocupa estes cargos na chapa Resistência são: Alexandre Belli, presidente; Tiago Henrique Da Mata, diretor secretário; Moacir Lopes de Oliveira, diretor tesoureiro e Lahissi Ferreira Lobo, diretor social. Como conselho fiscal: Íria Júlio da Silva, Luis Gustavo Ferro da Silva, Carlos Roberto Belli. Estes cargos compreendem representantes de diversos departamentos municipais, o que não ocorria antigamente, pois as candidaturas se concentravam apenas no almoxarifado.

De acordo com Renato Ijichi, representante do SISEM, esta eleição trata-se da continuidade de um trabalho já feito pelo órgão, e completa dizendo, “os servidores públicos municipais merecem a proteção do SISEM, pois são batalhadores que cumprem as suas obrigações com afinco e dedicação”. A fim de provar a eficácia da atuação do sindicato, Ijichi cita a implementação do ticket alimentação, conquistado em 2021.