Guardados para a vida eterna

Guardados para a vida eterna

Encerra-se no domingo a chamada oitava da Páscoa, período de oito dias que inclui o domingo da ressurreição e os sete dias subsqüentes, e que é vivenciado, na liturgia, como se fosse um único dia. Para quem participou das Missas desta semana, é como se tivesse participado de uma única celebração. A cada dia mudavam-se as leituras, mas com o mesmo espírito de prolongamento da realidade mais sublime de todas: Deus mesmo se fez homem, sofreu e morreu por nós na cruz, e ressuscitou ao terceiro dia.

Na segunda leitura da Missa deste fim de semana, da Primeira Carta de São Pedro, está escrito: “Em sua grande misericórdia, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos, ele nos fez nascer de novo, para uma esperança viva, para uma herança incorruptível, que não se mancha nem murcha, e que é reservada para vós nos céus” (cap. 1, vv. 3-4). Como diz a Segunda Carta aos Coríntios: “Todo aquele que está em Cristo é uma nova criatura. Passou o que era velho; eis que tudo se fez novo!” (cap. 5, v. 17). Ou seja, vivendo o que Cristo nos ensinou, seguindo seus mandamentos, amando-O sobre tudo o mais, vivemos uma vida completamente nova, rejeitada pelo mundo.

E mais: ao afirmar que esse nascimento gera em nós uma “esperança viva” e uma “herança incorruptível” que nem “se mancha nem murcha, reservada” para o Céu, São Pedro nos ensina a estender nossas expectativas todas para além do horizonte da vida terrena. Por ora, ao permitir que operem em nós os frutos do Batismo, por meio da recepção dos sacramentos e da vida de santidade, somos guardados para a eternidade.

Nós, que conhecemos a Cristo e anunciamos sua morte e ressurreição, somos a herança que Ele conquistou ao preço de seu Preciosíssimo Sangue! Por nada deste mundo deixemos escapar tão grandiosa graça! Permaneçamos firmes na fé, na caridade e na esperança, pois como ensina ainda São Pedro no versículo 6, é necessário ficarmos “por algum tempo aflitos, por causa de várias provações”.Alegria, queridos irmãos! Venha o que vier, brademos confiantes: Cristo ressuscitou para sempre!!


                       
1719166440