Dia em Defesa da Educação acontecerá na Antiga Estação Ferroviária, em Mirandópolis

Dia em Defesa da Educação acontecerá na Antiga Estação Ferroviária, em Mirandópolis

A internet foi tomada por mobilizações organizadas nas universidades públicas e Institutos Federais (IFs). O motivo é o corte de 30% na verba da educação e suspensão de bolsas de pós-graduação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), promovidos pelo presidente Jair Bolsonaro e seu ministro da Educação, Abraham Weintraub.

Em Mirandópolis, está organizado um Ato em Defesa da Educação para acontecer nessa quarta-feira, 15 de maio, na antiga estação ferroviária.

Até esta sexta-feira, 10 de maio, já eram cerca de 80 manifestações e assembleias marcadas em universidades públicas de vários estados, organizadas por estudantes universitários, docentes, técnicos das universidades, IFs, secundaristas e professores da educação básica.