SAP confirma 20 casos por coronavírus nos presídios de Mirandópolis, e não 35

SAP confirma 20 casos por coronavírus nos presídios de Mirandópolis, e não 35

A Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) informou na terça-feira (30) que não há 35 casos de Covid-19 nas unidades prisionais de Mirandópolis. A informação havia sido confirmada pelo prefeito Everton Sodario (PSL), em publicação em rede social, na segunda-feira, e confirmada pelo setor da Vigilância Epidemiológica da prefeitura, que afirmou ainda a existência de um surto nos presídios. 

Conforme nota da SAP encaminhada ao jornal, atualmente existem, entre presos e servidores, 20 pessoas infectadas pelo vírus. Entre os positivos, são quatro servidores e 14 presos, além de duas mortes de sentenciados. A maioria dos casos já se recuperou da doença (veja no final da matéria).

Outros dois servidores estão afastados suspeitos de contaminação. 

O jornal obteve informação de que há registros de casos positivos de Covid-19 na penitenciária Lindolfo Terçariol Filho (PII) desde o início de maio e somente nesta semana que o departamento de Saúde da prefeitura foi comunicado sobre a situação.

A SAP, entretanto, nega e afirma que todos os casos de Covid-19 no sistema penitenciário paulista são comunicados pelas unidades à Vigilância Epidemiológica dos municípios, como parte do protocolo de ações de combate do Centro de Contingência do Coronavírus seguido pela Pasta.  

Sobre os 200 testes rápidos enviados pela prefeitura às duas unidades – 100  para cada – o Estado informou que só os aplica quando o reeducando apresenta sintomas gripais. 

“Destacamos que o Governo do Estado já iniciou a testagem em massa de populações vulneráveis, incluindo-se aí, as pessoas privadas de liberdade. O projeto piloto foi realizado na Penitenciária II de Sorocaba e as próximas unidades contempladas serão definidas em planejamento técnico dos órgãos de saúde, considerando-se a existência de casos confirmados nos presídios”, justificou a secretaria por meio de nota. 

Abaixo, a situação dos casos positivos e suspeitos da Covid-19 nas unidades prisionais de Mirandópolis, segundo a SAP:

Servidores:

PI – 2 confirmados com COVID-19 por exame PCR que já retornaram para suas atividades e 2 afastados preventivamente com suspeita sem confirmação.

PII 2 com casos com suspeitas que atestaram positivo em Teste Rápido e que seguem afastados de suas atividades. 

Nota: Todo servidor com suspeita de diagnóstico de Covid-19 está devidamente afastado sob medidas de isolamento em sua residência, conforme orientações do Comitê de Contingência do Coronavírus e a Secretaria acompanha seu quadro clínico, fornecendo todo o suporte necessário para sua recuperação.

Presos: 

PI – 4 confirmados com COVID-19 por exame PCR, sendo que 2 faleceram e 2 se recuperaram e retornaram ao convívio. Há 1 caso suspeito sem confirmação da doença que segue em isolamento;

PII – 1 confirmado com COVID-19 por exame PCR que já saiu do isolamento e 11 com suspeitas que atestaram positivo em Teste Rápido, todos se recuperaram e retornaram ao convívio. 

Nota: Se confirmado o diagnóstico, além de continuar seguindo os procedimentos indicados, o preso será mantido em isolamento na enfermaria durante todo o período de tratamento e encaminhados para atendimento hospitalar em caso de agravamento.

Foto de capa: Reprodução/TV TEM