Mulher é assassinada pelo marido durante visita no presídio em Mirandópolis

Mulher é assassinada pelo marido durante visita no presídio em Mirandópolis

Uma mulher de 31 anos, que mora em São José dos Campos-SP, foi assassinada durante visita na Penitenciária Nestor Canoa, em Mirandópolis, no domingo (14). O acusado do crime é o marido, de 35 anos, que cumpre pena na unidade. Ele confessou ter enforcado a vítima, alegando que estava sendo traído por ela.

Segundo informações, a mulher deu entrada no presídio para a visita às 8h50. A polícia apurou que somente o casal esteve dentro da cela nesta data, pois os demais detentos não tiveram visitas.

O indiciado disse em depoimento que chegou a manter relação sexual com a mulher. Entretanto, ele suspeitava que estivesse sendo traído pela companheira. Ainda na versão do acusado, na hora do almoço ele questionou a vítima sobre a suposta traição, mas ela teria negado inicialmente. Entretanto, passados alguns instantes a mulher teria confirmado, por isso ele teria tentado enforcá-la com um pedaço de corda artesanal, que acabou quebrando.

O INDICIADO

O homem disse à polícia que a mulher foi morta por volta das 13h, mas somente às 15h, ao término da visita, ele acionou os agentes penitenciários, contou sobre o ocorrido e o corpo dela foi retirado da cela.

Após a Polícia Civil ser comunicada do caso, o delegado Thiago Rodrigues Barroca esteve no presídio acompanhado de um investigador de polícia e tomou o depoimento do acusado, que confirmou todas as informações passadas anteriormente.


                       
1716550330