Vereadores aliados de Mirão criticam gestão do prefeito; sessão também é marcada por acusações a Tiago Soares

Vereadores aliados de Mirão criticam gestão do prefeito; sessão também é marcada por acusações a Tiago Soares

O clima ficou tenso na sessão ordinária da Câmara de Mirandópolis realizada na segunda-feira (5). Os vereadores Emerson Carvalho, Magali Maziero e Claudio Morena, aliados do prefeito Mirão dentro do legislativo, disseram estar decepcionados com a postura do chefe do executivo.

O que me traz a essa tribuna, é insatisfação, falta de respeito e ingratidão. Nada pessoal contra o prefeito, mas se não me falha a memória ele esteve na casa de Barretos e gravou um vídeo dizendo que essa administração não faria política com a casa de apoio de Barretos. Eu gostaria que o prefeito explicasse melhor e que “desse nome aos bois”, porque os únicos políticos que estiveram lá cobrando melhorias foram eu (Emerson) e a vereadora Magali. Então, eu fiquei sem entender quem estava fazendo politicagem. Eu e a vereadora Magali? Não! Nós fomos cobrar aquilo que precisava ser feto na casa de apoio. Fizemos a indicação daquilo que precisava ser feito”, comenta Emerson Carvalho.

O vereador também usou a tribuna para dizer que ficou triste porque os vereadores não foram convidados para o evento para comemorar a compra do prédio do NES (Núcleo de Especialidade em Sáude). “O problema não é particular por não ter me chamado para o evento. O que me deixa mais triste é saber que teve uma falta de respeito com o poder legislativo de Mirandópolis. A partir desse momento comunico a população de Mirandópolis, que eu, vereador Emerson Comandante, não faço mais parte da base do governo, não represento mais o governo nessa casa. Porque quero representar um governo que tenha respeito por esse poder aqui, o legislativo, não por um vereador de forma individual”, completa Emerson.

MORENA RENUNCIANDO

O vereador Claudio Morena confirmou na tribuna que vai protocolar na prefeitura um pedido de renúncia como líder do governo na câmara municipal. “O Mirão acabou assumindo a prefeitura e eu estava colocando bastante expectativa, mas infelizmente fui percebendo algumas mudanças. Várias coisas acabaram me entristecendo, e uma das coisas que eu prezo é o respeito. Eu sinto que em determinado momento o Mirão já não estava mais me respeitando. Como fui colocado como líder de governo na época do Sodario e Mirão, percebi que agora já não estava exercendo esse papel, por isso não continuarei com essa função na câmara”, desabafa Morena.

Vereador Tiago Soares (Foto: Arquivo)

TIAGO SOARES É CRITICADO POR VEREADORES

“Você é o vereador mais oportunista que eu já vi nessa casa de leis”. A frase do vereador Emerson Carvalho, sobre a postura do vereador Tiago Soares, foi dita na tribuna da sessão de segunda-feira (5). Comandante, como é popularmente conhecido, ainda criticou Soares pela falta de compromisso com as reuniões internas e pelo oportunismo do edil por ter proximidade com o prefeito e os diretores.

“Eu nunca vi o senhor (Tiago) participar de reunião. Eu nunca vi o senhor chegar na hora na sessão. Eu nunca vi o senhor na prefeitura querendo saber de assunto de interesse da população. Sabe o quê que o senhor faz? O senhor liga para o diretor e pergunta: qual rua vai ser asfaltada? Qual rua vai ser recapeada? Qual rua tem buraco? Daí o senhor chega aqui, senhor Tiago, e usa essa tribuna dando uma de bonzinho para todo mundo. Só que comigo, o senhor não vai fazer igual o que o senhor fez com a câmara passada. Comigo não! Aqui o senhor vai me respeitar, vai respeitar os outros vereadores”, relata Comandante.

Ao usar a tribuna, o vereador Tiago Soares pediu desculpas aos vereadores em nome do Mirão e reforçou que continua ao lado do prefeito. “Ele (Mirão) é falho também, ele é ser humano. Eu peço desculpa em nome dele. Agora se vocês (Comandante, Magali e Claudio) querem pular do barco, eu to com o Mirão e não abro mão. Me elegi pedindo voto com o Mirão e Sodario, vou estar com ele nas dificuldades, nas vitorias e nos problemas”, defende Tiago.

Magali usou seu tempo na tribuna para responder Tiago, dizendo que “ninguém está pulando fora do barco, nós estamos, simplesmente, sendo jogados para fora do barco”. A vereadora também cobrou Tiago sobre a falta de compromisso do companheiro de bancada. “É que você (Tiago) não participa das reuniões, nem na reunião que estava marcada às 19h30, você chega. Você está por fora de tudo. Então, pois, fique sabendo, que gratidão é a palavra-chave. Ninguém está aqui para ganhar mérito de indicação nenhuma que foi feita. É só isso que eu tenho para falar e eu também estou fora do governo”, reforça Magali.

Grampola Pantaleão também criticou Tiago, principalmente porque o vereador falou em nome do prefeito Mirão. “Quem é o senhor para falar em nome do prefeito? O senhor não fez nada, o senhor não participa de nada. Seus próprios amigos estão dizendo para todo mundo a realidade. Gostaria que o senhor falasse aqui, por quê que na época da Regina (ex-prefeita) o senhor era o maior interessado para não fechar a escola da Terceira Aliança, e hoje foi fechada essa escola e o senhor não falou nada nessa tribuna? O quê que mudou? Eu acho que só os interesses próprios. Mas já que o senhor está aqui para falar pelo prefeito. Pergunte para ele quando vai acabar a reforma que não começou até hoje do Ebe Aurora. Até quando nós vamos ficar pagando aluguel? Pergunte quando será inaugurado o Fórum, que foi falado em campanha do Sodario. Pergunte sobre as casinhas que foram prometidas aos nossos moradores. Pergunte sobre as horas extras que ele cortou de todos os funcionários que trabalhavam, sendo que na época da eleição podia”, finaliza Grampola.


                       
1709092205