Com afastamento médico de Cláudio Morena, Bersani foi convocado para assumir cadeira no legislativo

Com afastamento médico de Cláudio Morena, Bersani foi convocado para assumir cadeira no legislativo

Devido ao afastamento médico do vereador Cláudio Morena (PP), a Câmara Municipal convocou o suplente Luciano Bersani (PP) para assumir a cadeira legislativa. Bersani obteve 410 votos nas eleições de 2020 e ficou como suplente de Morena, que foi eleito com 636 votos. 

Morena pediu afastamento por 60 dias de suas funções como vereador devido a um tratamento de tumor. O afastamento vai do dia 29 de maio até 27 de julho. Segundo a resolução da Câmara, seus vencimentos como vereador são pagos referentes aos primeiros 15 dias de afastamento, ficando os demais dias a cargo do INSS por meio do auxílio doença. 

Em vídeo nas redes sociais publicado no dia 5 de junho, Morena contou que chegou a passar mal devido a dores abdominais. Ele passou por atendimento em uma Unidade Básica de Saúde e foi liberado. 

Como as dores continuavam, ele foi encaminhado ao Hospital Estadual. O vereador passou por uma tomografia, que foi constatado um tumor no intestino. Foi realizada uma biópsia para um diagnóstico mais preciso. 

BERSANI NA CÂMARA

Luciano Bersani foi vereador entre 2009 e 2020, ocupando, portanto, três legislaturas consecutivas. Na última eleição, obteve 410 votos nas urnas, mas não conseguiu emplacar o quarto mandato. 

Bersani é funcionário público atuando na função de braçal do setor de vigilância sanitária/zoonoses, mas está afastado do trabalho por questões médicas desde o dia 27 de fevereiro. O pedido foi deferido após perícia médica constatar que o ex-vereador possui “incapacidade parcial e temporária, restrição para atividades que demandem agachar por 6 meses”. Durante esse período, Bersani não deve ser remunerado pelo Município. 


                       
1709018250