Ocorrências da Semana têm estelionatos e furtos em residência e adega

Ocorrências da Semana têm estelionatos e furtos em residência e adega

ESTELIONATO DIGITAL

Uma mulher de 37 anos esteve na delegacia de Mirandópolis na quarta-feira (2) dizendo que no dia anterior, por volta das 7h30, estava no Facebook quando viu um anúncio da venda de um veículo. Ela se interessou e mandou mensagem via aplicativo do celular, tendo resposta de um homem que se passava por representante de uma garagem de veículos. A mulher negociou o carro e fechou a compra no valor de R$ 13 mil, tendo que mandar R$ 1.500 via PIX. O representante disse que no período da tarde iria mandar os documentos, porém, ele mandou uma nova mensagem dizendo que precisava de R$ 1.000 para quitar um débito com o dono. Achando estranho, a mulher ligou para a empresa e pediu para falar com o funcionário que estava respondendo pelo aplicativo, momento em que foi informada que não trabalhava ninguém com o nome mencionado. Por esse motivo ela decidiu fazer o boletim de ocorrência, para apuração dos fatos.

MÃE ENGANADA

Compareceu na delegacia de Mirandópolis na terça-feira (1), uma mulher de 65 anos relatando que recebeu uma mensagem via WhatsApp de uma pessoa se passando pelo seu filho dizendo que o celular havia quebrado e que estava usando aquele novo número. Mais tarde, o suposto filho pediu para a mulher fazer uma transferência no valor de R$ 330 para pagar o conserto do celular, sendo feito o pagamento via boleto bancário. No mesmo dia, o golpista ainda se passando pelo filho, pediu mais R$ 870 porque seria preciso comprar um celular novo. O valor foi enviado para a mesma conta, também mediante a um pagamento de boleto. A mulher somente deu conta do golpe quando o contato pediu que fizesse uma outra transferência com um valor mais alto. Após descobrir ela bloqueou o golpista dos seus contatos e fez o boletim de ocorrência.

FURTO NA RESIDÊNCIA

Um homem de 65 anos, morador no bairro Jardim São Lourenco de Fátima em Mirandópolis, esteve na delegacia na terça-feira (1) para informar que na madrugada, por volta das 2h, se levantou para ir ao banheiro e se deu conta que sua casa foi furtada. A vítima confirma que não teve arrombamento no local, tendo o autor acessado a residência com o auxilio de uma chave falsa. O homem revela que levaram uma televisão de 42 polegadas, um telefone celular, um botijão de gás e algumas facas. Ele diz que do outro lado da rua há um trailer que possui câmeras de segurança e possivelmente registraram o momento dos fatos.

FUNCIONÁRIO FURTANDO ADEGA

Na noite de quarta-feira (2), policiais militares de Mirandópolis foram acionados para atendimento de ocorrência de furto em andamento, onde o solicitante, proprietário de um estabelecimento comercial tipo adega, estaria visualizando o funcionário do seu estabelecimento comercial subtraindo dinheiro do caixa pelas câmeras de monitoramento. A equipe foi ao local e deteve o funcionário citado. Em revista aos seus pertences, encontraram, em uma bolsa, o valor de R$ 150,00 em espécie. Indagado sobre os fatos, ele admitiu o furto e foi preso. De posse das imagens do circuito de câmeras, a equipe apresentou o funcionário no plantão policial de Andradina, onde ele foi autuado em flagrante por furto qualificado e recolhido ao cárcere, ficando à disposição da justiça.

DROGA NA COMIDA

A esposa de um detento da Penitenciária I de Mirandópolis foi surpreendida no domingo (30/8) quando tentava entrar na unidade com droga semelhante à maconha e 300 comprimidos de estimulante sexual, escondidos entre as vasilhas que continham alimentação. A Polícia Militar foi acionada para que a visitante pudesse ser encaminhada à Delegacia de Polícia, para onde também foram levados os materiais apreendidos.  Na unidade foi instaurado Procedimento de Apuração Disciplinar em desfavor do recluso.  

PORTE DE DROGAS E TRÁFICO

Na noite deste sábado (5), policiais militares de Lavínia faziam o patrulhamento preventivo pela área central da cidade quando avistaram 4 mulheres em uma praça, consumindo bebidas alcoólicas e entorpecente maconha. Indagadas, declararam que estavam na cidade para visitarem seus maridos, que se encontram presos nas penitenciárias da cidade. Em buscas, encontraram porções de maconha com duas delas. No veículo de uma delas, estacionado nas imediações, encontraram mais do mesmo entorpecente. Em buscas nos quartos em que estavam hospedadas, em pousadas da cidade, localizaram, em um deles, mais porções de maconha, uma delas em formato de “ovo”, utilizado para ser introduzido na genitália, a fim de entrar na penitenciária. No total, foram localizados com a primeira 141 gramas, com a segunda 31 gramas, com a terceira 23 gramas e com a quarta 3 gramas. Diante das evidências, do fato da pousada ficar a menos de 150 metros de uma escola, todas foram conduzidas ao plantão policial de Andradina, onde uma delas foi autuada em flagrante por tráfico e recolhida ao cárcere, enquanto as outras 3 foram indiciadas por porte de drogas e liberadas.


                       
1719169221