Antes aliados, Mirão e Comandante agora trocam críticas na internet por situação do transporte da Saúde 

Antes aliados, Mirão e Comandante agora trocam críticas na internet por situação do transporte da Saúde 

Antes aliados políticos, o prefeito Ademiro Olegário dos Santos, o Mirão (PSD), e o vereador Emerson Carvalho, o Comandante (PSL), trocaram críticas entre si em vídeos publicados em rede social na última semana devido ao estado do transporte público municipal do setor da Saúde. 

Em uma publicação por meio de um vídeo no último dia 27 de julho, o vereador divulgou o estado da frota municipal do setor da Saúde. Comandante foi até o almoxarifado municipal, onde estão localizados os veículos, e divulgou os ônibus parados e, em suas palavras, sem a devida manutenção de rotina. O vereador disse que recebeu da população muitas reclamações sobre a falta de transporte para o setor. 

“Esse micro-ônibus aqui, o 178, é o carro que faz a linha de Barretos. Ele está aqui mais de um mês parado por falta de rolamento e pneu. Tem esse outro aqui também parado a mais de um mês por falta de manutenção de rotina como pneu, rolamento, freio. O que eu quero com isso? Quero chamar atenção da Administração, do diretor da Saúde, que é o responsável por tudo isso, para que soluções sejam encontradas urgentemente. Carros como esses que levam pacientes até Barretos não podem ficar parados um ou dois meses por causa de pneu, rolamento e óleo. Isso é um absurdo”, disse Comandante no vídeo divulgado em seu perfil no Facebook.

Vereador Comandante gravou vídeo dentro do almoxarifado municipal e filmou estado da frota de veículos da Saúde. Foto: Reprodução Facebook

O vereador prosseguiu a filmagem e mostrou a situação de outro veículo parado. “Falta motor nessa van, mas eu não posso deixar um carro desse ir para o lixo por causa de um motor. Se fosse de uma pessoa particular iria arrumar. Você acha que se uma pessoa tem uma van dessa iria deixar ela ir para o lixo por conta de um motor? Da mesma forma o governo público não pode deixar isso acontecer”, falou Comandante, que exibiu também uma ambulância parada por falta de turbina. 

Embora o vereador tenha cobrado publicamente a Administração Municipal pela falta de manutenção nos veículos, a legenda de seu vídeo isentou a responsabilidade do chefe do Executivo. “Objetivo é buscar soluções e não culpados até porque [o problema] vem de décadas. Muitos passaram e nada foi feito para melhorar”, escreveu o parlamentar na legenda. 

RESPOSTA DO MIRÃO

Pouco mais de seis horas da publicação de Comandante na rede social, o prefeito Mirão foi até sua página no Facebook rebater as declarações, ao vivo. Mirão disse ser uma pessoa honesta e transparente. O atual chefe do Executivo disse que o intuito era começar a gravar vídeos ao vivo na semana seguinte, porém teve que antecipar a live para dar alguns esclarecimentos sobre a frota da Saúde. Mirão admitiu o abandono da frota. 

“Temos consciência de que a frota da Saúde está totalmente sucateada. Inclusive, em 2019, fizemos um vídeo no almoxarifado e mostramos isso à população. Temos plena consciência que temos que melhorar e comprar veículos”, iniciou o prefeito em seu vídeo, que afirmou ainda que um dos veículos possui mais de 1 milhão de quilômetros rodados e outro mais de 600 mil quilômetros rodados.

Em resposta ao vereador, prefeito Mirão reconheceu que a frota esteja sucateada, mas disse que vereador fez vídeo para denegrir sua imagem. Foto: Reprodução Facebook

Mirão disse que solicitou ao Governo do Estado recurso no valor de R$ 1,5 milhão para realizar a troca da frota da Saúde do Município. Ainda segundo o prefeito, estava previsto para a última terça-feira (1) licitação do Município de duas vans para o setor. Enquanto isso, uma van precisou ser locada pela prefeitura para realizar o transporte dos pacientes. O prefeito garantiu que, no máximo 30 dias, três carros novos serão entregues pela Administração para o setor. 

Citando nominalmente o vereador Comandante, o prefeito confrontou a publicação do parlamentar. “Vi um vereador dentro do almoxarifado filmar os carros sucateados. Perfeito, vereador. O carro estava dentro da oficina desmontado para fazer manutenção. E nós vamos orçar aquelas peças que o senhor falou. Disse que era apenas uma turbina. O senhor sabe quanto custa uma turbina de uma van? O senhor sabe se o Município tem condições de, agora, comprar essa turbina? Então, o senhor precisa saber como está o financeiro da nossa prefeitura. O senhor falou que o ônibus está parado por conta de uma ponta de eixo. Se o senhor entendesse um pouco de mecânica, o senhor iria saber que por trás de uma ponta de eixo tem rolamento, um conjunto de freio, tudo isso fica muito caro, por isso estamos fazendo o orçamento com responsabilidade”, disse o prefeito que afirmou ter gasto mais de R$ 2 milhões com a manutenção de veículos no ano passado. 

O prefeito afirmou ainda que o vereador fez o vídeo na tentativa de denegrir sua imagem. “No começo da sua gestão, o senhor fez um vídeo lá no SAAEM mostrando a situação dos carros da autarquia. Eu te pergunto: o senhor buscou emenda para reformar essa frota? O senhor buscou dinheiro para solucionar o grande problema que o senhor mostrou no vídeo no início do seu mandato?”, questionou o chefe do Executivo. 

Ainda no dia 27, quase próximo da 0h, o vereador Comandante divulgou imagens da frota da Saúde no almoxarifado e disse ter sido atacado. “Fui atacado em rede social por fazer meu trabalho. Queria ver se fosse a mãe de vocês, que estão batendo palmas, aí [dentro] desse veículo, se estariam felizes, mas a verdade prevalece”, publicou o parlamentar. 

O jornal apurou que um dia após a publicação dos vídeos, o vereador Comandante encaminhou um ofício à Vigilância Sanitária do Município para realizar inspeção “com urgência”, nas dependências do almoxarifado municipal, para apurar irregularidades na repartição.


                       
1720909811