Por ‘equilíbrio financeiro’, Prefeitura publica decreto de redução do horário de atendimento ao público

Por ‘equilíbrio financeiro’, Prefeitura publica decreto de redução do horário de atendimento ao público

Foto: Arquivo AGORA

Alegando necessidade de “equilíbrio orçamentário e financeiro” das contas públicas, o prefeito Ademiro Olegário dos Santos (PSD), o Mirão, publicou decreto para reduzir horários de atendimento ao público em diversos setores da Prefeitura.

De acordo com o decreto 3969/2023, as medidas começam a valer já a partir de segunda-feira (4). Segundo o documento, os departamentos ligados à área administrativa ou com atendimento ao público devem funcionar das 7h às 13h. 

Já os setores que prestam serviços como saneamento, zeladoria, limpeza e manutenção das vias públicas e rurais, bem como o Almoxarifado, irão funcionar de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h, proibindo atividades aos finais de semana, “exceto casos excepcionais ou de extrema urgência”. 

O impacto do decreto também vai afetar diretamente a área da Saúde. As Unidades Básicas de Saúde (UBSs), o Núcleo de Especialidades em Saúde (NES), o Centro de Apoio Psicossocial (CAPS) e o setor administrativo do departamento prestarão atendimento das 7h às 13h. 

Já o Pronto Atendimento localizado no Postão vai funcionar das 7h às 22h, de segunda a sexta-feira, e das 7h às 19h, aos sábados, domingos e feriados. 

Para a Farmácia Municipal, o horário de atendimento ao público não será afetado, funcionando das 7h30 às 11h30, e das 13h às 16h, bem como o Departamento de Educação. 

De acordo com o decreto, as medidas irão perdurar até o dia 31 de dezembro deste ano ou então até reestabelecer as contas da Prefeitura. 


                       
1709110476