Homem é preso por tráfico de entorpecentes em Mirandópolis; visitantes de penitenciária abordadas com drogas e estimulante sexual

Homem é preso por tráfico de entorpecentes em Mirandópolis; visitantes de penitenciária abordadas com drogas e estimulante sexual

Foto: Divulgação

Na noite desta segunda-feira (5), policiais militares de Mirandópolis realizavam o patrulhamento pelo bairro Gentileza, pois tinham conhecimento de naquela localidade morava um indivíduo, recém-saído do sistema prisional, praticando o comércio de entorpecentes.

Ao passarem defronte a residência do denunciado, o avistaram, ao lado de um veículo parado, cujo motorista lhe fazia a entrega de dinheiro, sendo ambos abordados. No interior do veículo, encontraram 2 porções de crack, embaladas na cor branca. Na posse do morador, 22 anos, auxiliar de serviço gerais, encontraram R$ 213,00.

Em buscas no interior da residência, localizaram 24 porções de crack, embaladas de forma idêntica àquelas encontradas no veículo, além de 2 aparelhos celulares e alguns fogos de artifício, corroborando o narrado na denúncia.

Ambos foram conduzidos ao plantão policial de Andradina, onde o condutor do veículo foi autuado por porte de entorpecentes e liberado, enquanto o morador foi autuado por tráfico de entorpecentes e preso, recolhido a uma cela, à disposição da justiça.

Na PII de Mirandópolis, visitantes levavam droga e estimulante sexual

Duas mulheres, esposas de detentos alojados na Penitenciária II de Mirandópolis, foram flagradas com ilícitos ao tentarem entrar na unidade durante o horário visita, no último final de semana.

A primeira delas, escondia comprimidos, semelhantes a estimulante sexual no cós da calça. Policiais Penais detectaram uma imagem irregular na região pélvica quando a visitante passou pelo escâner corporal.

A segunda visitante levava invólucro com cerca de 50 gramas de substância semelhante à maconha inserida na região pélvica. Autoridades policiais foram acionadas para as devidas providências e a unidade instaurou procedimento apuratório para averiguar os fatos.

Quatro mulheres são flagradas com drogas tentando entrar na PII de Lavínia

A Penitenciária II de Lavínia registrou quatro apreensões de entorpecentes com visitantes de detentos no último final de semana.

No sábado (3), a mulher de um recluso apresentou imagem suspeita na região pélvica quando passou pelo escâner corporal. Ao ser indagada, ela afirmou que escondia o material em suas partes íntimas e, espontaneamente, retirou o invólucro que continha substância análoga à cocaína e um papel aparentando ser droga sintética.

No domingo (4), também por meio do escâner corporal, outra visitante, esposa de um detento, levava um invólucro que continha substância análoga à cocaína e outros dois invólucros semelhantes à maconha escondidos no topo que usava.

No mesmo dia, a esposa de outro recluso apresentou uma imagem suspeita quando passou pelo escâner corporal. Policiais Penais observaram presença de volume estranho em seu top. Ela entregou espontaneamente dois invólucros que continham substância análoga à maconha,

Ainda no domingo, a mulher de outro detento também foi impedida de entrar na unidade por ter apresentado imagem irregular na região pélvica. Ela levava um invólucro que continha uma porção de erva semelhante à maconha e dois pedaços de papel aparentando ser droga sintética.

Autoridades policiais foram acionadas para as demais providências e a unidade instaurou Procedimento Apuratório para checar a possível participação dos custodiados nos fatos.


                       
1719169758