Renan Guerreiro: a transformação física e emocional rumo ao fisiculturismo profissional

Renan Guerreiro: a transformação física e emocional rumo ao fisiculturismo profissional

Foto: Divulgação

Natural de Guaraçai, Renan Guerreiro, de 37 anos, apaixonado por academia desde a adolescência, exibe por onde passa um físico invejável, todo definido, desenhado e alinhado. Pai de Sofia (10) e Luis Claudio “Tchuco” (6), e ao lado da esposa Leila, com quem possui uma lanchonete no calçadão de Lavínia, o Leila Lanches, Renan, que é funcionário público, se divide entre outras funções, como pizzaiolo e entregador, e ainda encontra tempo para se dedicar ao seu sonho de se tornar um profissional de fisiculturismo.

A dedicação aos treinos sempre foi um ponto forte para ele, mas após uma fase de vida boêmia, sua esposa Leila tirou uma foto dele deitado no chão enquanto descansava, e ao acordar, ele se surpreendeu. “Bebi, comi um grande pedaço de bolo e deitei. Quando acordei e vi a foto, fiquei chocado. Não me reconheci, não era quem eu sou. Eu estava com 108 kg, acima do peso naquela época. Quando a conheci, eu já era praticante de musculação”, lembra Renan.

Logo veio a vontade de “recuperar a forma”, e Leila e os amigos duvidaram devido à fase em que ele costumava beber todos os dias. Na mesma semana, Guerreiro voltou a treinar e se dedicar, enfrentando outro desafio: a pandemia. Ele não desanimou, investiu em alguns equipamentos e começou a treinar em casa. Foi um ano de treinamento intenso.

O que começou como uma brincadeira entre amigos tornou-se uma paixão em sua vida. A gordura transformou-se em músculos, e Renan conseguiu atingir os 108 kg fortes. “Se você quer, basta lutar que você conseguirá. É preciso ter um objetivo”, incentiva.

Ele entrou em um programa de 60 dias com Renato Cariani, alcançando o quinto melhor resultado do Brasil. Também frequentou o centro de treinamento AironBarg, o mais conhecido do Brasil, onde teve a oportunidade de treinar com pessoas renomadas no esporte.

“O erro deles foi me dar o terceiro lugar em 2023 porque fui competir devido às pessoas ficarem me incentivando. ‘Renan, você tem potencial. Vá em frente.’ Eu não acreditava muito, mas fui porque já estava na área. Subi ao palco para realizar esse sonho”, recorda

Participou pela primeira vez de uma competição em 2023. Em 2024 participou novamente da Vinicius Sonego Classic conquistando o Men’s Physique e o Top 2 Sungão. “Conquistei o Evento Vinícios Sônego Classic em Araçatuba, na categoria Men’s Physique até 1,79m, meu físico estava incrível. Também garanti uma medalha ao participar do Body Classic, alcançando o 5º lugar. Isso me concedeu a oportunidade de competir no Campeonato em Curitiba, sediado no WFF Brasil – World Championships PRO-AM nos dias 7, 8 e 9 de junho de 2024. Este campeonato mundial concede o Pro Card, um sonho de todo atleta que almeja se tornar profissional”. 

Renan participou pela primeira vez de uma competição de fisiculturismo em 2023. Foto: Divulgação

INFÂNCIA HUMILDE

Filho de Claudio e Maria, Renan lembra com humildade e dificuldade da infância ao lado da irmã Paula, enquanto a mãe, aos 30 anos, já lutava contra o Parkinson, necessitando da atenção dos filhos devido aos tremores frequentes causados pela doença.

“Sempre cuidei da minha mãe; foi muito tenso cuidar dela. Tornei-me o ‘pai’ dela quando eu tinha apenas 15 anos. A doença dela é rara, mas hoje, com uma cuidadora e minha irmã também assumindo essa responsabilidade, ela está significativamente melhor, conseguindo realizar tarefas diárias e caminhar aos poucos. Quase perdendo nossa casa, precisei buscar um empréstimo e trabalhar desde cedo, ao lado da minha irmã, para garantir o sustento”, conta Renan

Seu primeiro emprego foi na Associação Comercial de Guaraçai, como office boy. Em seguida, trabalhou à noite em uma lan house, além de emprego diurno em uma fábrica de mesas. “Assumi responsabilidades financeiras domésticas, prestei concurso público aos 17 anos e, após dois anos, fui chamado para o cargo. Permaneci por mais 4 anos em Serra Azul, até conseguir a transferência para Lavínia. Minha intenção é proporcionar uma melhor qualidade de vida para minha família e, principalmente, para minha mãe.  Não busco luxos; meu desejo é proporcionar o melhor para meus filhos, minha esposa, minha família, viajar, ter o essencial e tornar-me um profissional de fisiculturismo.”

Renan com a esposa Leila, sua grande incentivadora no esporte. Foto: Divulgação

O SONHO

Competir em eventos esportivos é um dos grandes sonhos de Renan, pois sabe que isso pode ajudar a proporcionar melhores condições de vida para sua família. Nas redes sociais, Renan Guerreiro compartilha seus treinos e expressa gratidão aos amigos e colaboradores que o têm apoiado nessa jornada.

“Agradeço a todos que têm me apoiado até agora – família, amigos, colegas de trabalho, patrocinadores, entusiastas do esporte e a todos que de alguma forma me incentivam e motivam! Tenho um grande desejo de alcançar a participação nesse evento de nível mundial e representar toda nossa região – Lavínia, Mirandópolis, Guaraçai. Será uma honra ser parte disso. Estamos quase lá. Tenho fé em Deus e conto com o apoio de vocês”, finaliza.Renan tem buscado recursos para auxiliar nas despesas da viagem. Se você estiver interessado em colaborar, entre em contato pelas redes sociais dele ou pelo WhatsApp (18) 99114-6099.


                       
1716484056