Artigo: A importância estratégica do vice-prefeito na administração municipal

Artigo: A importância estratégica do vice-prefeito na administração municipal

Foto: Montagem AGORA

A figura do vice-prefeito não pode, ou não deveria, ser vista como um mero complemento de chapa. Seu papel vai muito além de substituir o prefeito em sua ausência ou representá-lo em eventuais ocasiões.

Auxiliar na administração e atuar como mediador político em momentos de crise são funções cruciais para aqueles que possuem um mínimo de habilidade para isso.

Ainda não se sabe quem serão todos os vice-prefeitos que irão compor as futuras candidaturas nas eleições municipais deste ano. Alguns já garantiram seus nomes, enquanto outros ainda estão em fase de negociações.

Ao lado do prefeito Mirão, que já foi vice de Sodario, surgiu o nome de Wellington Brito, ex-vereador que também disputou as últimas eleições para o Executivo, justamente contra Sodario e Mirão. O prefeito aposta na experiência do aliado na vida pública e em setores estratégicos na cidade para buscar a vitória nas urnas. 

Já Lucas Gonzalez está como pré-candidato a prefeito pelo Republicanos. Ao que tudo indica, ele deve atuar na campanha ao lado de Viviani Mendes, gerente de um supermercado. Caso se confirme sua candidatura a vice-prefeita, Mendes terá o desafio de migrar do setor privado para o público, campos completamente distintos, mas, se souber conciliar gestão com política, tende a colher bons frutos. 

Grampola Pantaleão ainda não confirmou seu pré-candidato a vice-prefeito. Ao que tudo indica, deve fazer isso durante as convenções partidárias, entre 20 de julho e 5 de agosto. Entre os nomes cogitados estão Tião da Padaria, Roberto Gonçalves e Adriano do TendTudo, todos do PDT, partido que já garantiu apoio a Pantaleão, que está no União Brasil.

Jorginho Maluly também não definiu seu vice-prefeito(a). Em entrevista ao jornal, o ex-prefeito de Mirandópolis garantiu que não há ninguém no momento e que está aberto ao diálogo. Já foram cogitados o ex-prefeito Chicão Momesso e a vereadora Magali Maziero, mas ambos ainda são incertos.

O papel do vice-prefeito é fundamental para o bom funcionamento da administração municipal, indo muito além de meras funções representativas.

A escolha de candidatos a vice-prefeito nessas eleições é fundamental para a governabilidade e eficácia das futuras gestões. A habilidade de conciliar gestão e política será um diferencial crucial para enfrentar os desafios administrativos e políticos que vão surgir. 

Por isso, é fundamental avaliar a competência técnica e política dos vice-prefeitos, a fim de que possam colaborar de maneira eficaz com os prefeitos, garantindo o sucesso da administração e, consequentemente, aprimorando a qualidade de vida dos cidadãos.

*O autor do artigo é Vinicius Macedo, jornalista com mais de nove anos de atuação, com passagens por jornal, rádio, TV e no setor público. Atualmente trabalha em Assessoria de Imprensa.  


                       
1719204543