Triatlo: Betinho Marcos participa do Ironman 70.3 nos EUA, uma das maiores competições da modalidade

Triatlo: Betinho Marcos participa do Ironman 70.3 nos EUA, uma das maiores competições da modalidade

Aos 50 anos de idade, o mirandopolense Gilberto dos Santos Marcos, participou da Ironman 70.3, uma das competições de triatlo mais importantes do mundo, que ocorreu nos dias 28 e 29 de outubro em St. George, em Utah, nos Estados Unidos. Betinho como é conhecido popularmente, percorreu um trajeto de 1.900 metros de natação, 90 km de bicicleta e 21 km de corrida.

O atleta vem se preparando para esse momento há cinco anos, desde quando começou a praticar o esporte. Para Betinho, a Ironman 70.3 se tornou um objetivo e um sonho realizado. Para tanto, ele passou por treinos intensos e provas semelhantes nas cidades de Fortaleza, Rio de janeiro, São Paulo e Florianópolis, sendo essa última ele conquistou a terceira colocação e a vaga para ir aos EUA.

OS DESAFIOS EM ST. GEORGE

“Prova de um nível técnico muito alto por se tratar de um mundial, um percurso magnífico no deserto, porém dificílimo para as três modalidades. Temperatura fria, percurso montanhoso e uma corrida com 250 metros de ganho de altitude, que posso garantir que é muito difícil!”, disse o atleta em entrevista ao jornal AGORA NA REGIÃO. Comemorando sua participação, ele ainda comentou sua performance, “Fiz uma prova dentro do programado, nadei muito bem, fiz uma bike consistente e na corrida que é a minha melhor modalidade, sofri bastante, acho que todos, mas ao concluir a distância e chegar no final foi um sentimento muito especial de dever cumprido. Entreguei o meu melhor”, completou Betinho.

HISTÓRIA COM O ESPORTE

O médico oftalmologista sempre esteve envolvido com os esportes e declarou ao jornal AGORA NA REGIÃO em 2020 que praticou futebol, bicicross e natação até os 16 anos. No período de faculdade se dedicou ao tênis com direito a treinador e competições. No entanto, com o surgimento da necessidade de algo mais desafiador, ele começou a treinar corrida de rua e fez inscrição para disputar a Meia Maratona do Rio de Janeiro, no ano de 2017. Posteriormente, participou de outras pequenas competições e foi na corrida que conheceu o triátlon por intermédio de um amigo.

Ainda em 2017, ele participou de sua primeira competição, a Copa Interior de Piracicaba, onde percorreu 750 metros nadando, 20 km pedalando e 5 km de corrida. Foi a partir daquele momento que estabeleceu a meta de participar da Ironman 70.3. Betinho ressalta que o triatlo é uma disputa pessoal e psicológica com você mesmo, por isso é fundamental estar bem física e mentalmente para alcançar os resultados desejados.

CURIOSIDADES

Atualmente, o nome ‘triatlo’ é em geral aplicado a uma combinação de natação, ciclismo e corrida, nessa ordem e sem interrupção entre as modalidades. Contudo, já foi atribuída pelos gregos como a prática de três modalidades em um evento esportivo e desde o ano 2000, o esporte é uma modalidade olímpica.

Segundo o site do Comitê Olímpico do Brasil, o triatlo surgiu em San Diego, nos Estados Unidos, em 1974, em um clube de atletismo que, ao dar férias aos seus atletas, passava planilha de treinamentos para que os atletas “descansassem” um pouco de treinos e competições. Ao voltar das férias, os treinadores faziam testes com seus atletas para saberem se realmente eles tinham cumprido a planilha.

O título Iron Man, ou homem de ferro em português, foi criado no Havaí e sua primeira disputa foi realizada por 15 atletas, em fevereiro de 1978. No Brasil, a modalidade passou a ser praticada em 1981 e a primeira competição oficial foi realizada no Rio de Janeiro, em 1983. A Confederação Brasileira de Triathlon (CBTri) nasceu em 1991.


                       
1709020940