Na última sessão da Câmara em 2022, vereadores pedem explicações sobre funcionamento do CIENSP e da reforma do Paço Municipal

Na última sessão da Câmara em 2022, vereadores pedem explicações sobre funcionamento do CIENSP e da reforma do Paço Municipal

Aconteceu na segunda-feira (12) a 27ª sessão ordinária de 2022 na Câmara de Mirandópolis. Entraram em pauta 2 requerimentos e o relatório de atividades do exercício 2022.

O requerimento apresentado pelos vereadores Grampola Pantaleão, Emerson Comandante, Chutudo e Magali Maziero solicita que o prefeito de Mirandópolis, Olegário Mirão, envie informações e documentos comprobatórios relacionados ao funcionamento do Consórcio Intermunicipal do Extremo Noroeste de São Paulo (CIENSP), no período de janeiro a novembro de 2022.

Os vereadores requerem cópia do contrato, bem como que seja esclarecido como são feitas as contratações e seleções dos profissionais. “Esclareça como funciona o rodízio dos funcionários contratados, pois é de conhecimento que por ordens judiciais, houve mudanças em seu edital; que forneça o controle de ponto de todos os profissionais, especificando todas as horas extras pagas a esses profissionais; forneça a escala e carga horária de toda a equipe de enfermagem incluindo técnicos, auxiliares e enfermeiros; forneça a escala e toda carga horária dos médicos, especificando suas especialidades; forneça a escala e toda carga horária dos profissionais contratados pelo CIENSP que atuam no Núcleo de Especialidades de Saúde de Mirandópolis (NES)”, diz o requerimento, que foi aprovado por 8 votos a favor, sendo o vereador Tiago Soares contra.

O segundo requerimento foi apresentado pelos mesmos vereadores, no caso eles solicitam que o prefeito forneça informações do processo licitatório que envolve a reforma e ampliação do Paço Municipal, localizado na Rua das Nações Unidas. “Queremos que forneça a essa Casa de Leis cópias de todo processo licitatório, incluindo as empresas participantes da licitação e a empresa vencedora do certame, dotação orçamentária, medições da obra, notas de empenhos, eventuais termos aditivos, cronograma físico-financeiro, liquidações, entre outras informações pertinentes”, completa o documento, que igual o anterior foi aprovado por 8 votos a favor, sendo o vereador Tiago Soares contra.

AFONSO COBRA TIAGO

Em seu último discurso em 2022, Afonso usou a plenária para agradecer seus companheiros pelo ano de trabalho, e para confrontar o vereador Tiago Soares. “Tiago, eu saio dessa casa esse ano com a minha cabeça erguida, porque além de conseguir unir oito vereadores, consegui ter, com o prefeito Mirão, o melhor relacionamento social possível que poderia ter o executivo com legislativo. Nenhum projeto do Senhor prefeito deixou de passa aqui nessa casa”, esbraveja.

Afonso ainda completa – “Tiago, eu sou cumpridor das minhas funções e o prefeito Mirão reconhece e sabe disso. Ele sabe das minhas qualidades e não precisa você vir aqui nessa tribuna me menosprezar. Não preciso disso, porque o povo de Mirandópolis me conhece, eu aqui nasci e aqui eu tenho a minha cabeça erguida, fique o senhor sabendo disso”, finaliza Afonso.

COMANDANTE QUESTIONA SODARIO

O edil Emerson Comandante usou seu tempo na tribuna para cobrar explicações do ex-prefeito, Everton Sodario, em relação as acusações contra o atual prefeito, Mirão, publicadas na rede social. “Onde tem fumaça tem fogo. Eu gostaria de pedir ao ex-prefeito, Everton Sodario, que depois de suas publicações em redes sociais com graves acusações, que por gentileza encaminhasse a essa casa de leis. Porque o que tiver que ser apurado, vai ser apurado nessa casa de leis. Praticamente um rompimento com o governo, com o atual prefeito, muito me alegra, porque me faz sentir com a sensação de dever cumprido. Caminhei ao lado do governo enquanto deu, e você (Sodario) era o líder máximo dessa equipe que formou esse governo, hoje vendo o líder máximo saindo do governo me deixa com uma sensação de dever cumprido junto com a vereadora Magali, com o vereador Claudio Morena, que enquanto deu para se relacionar bem, lá estivemos, enquanto fomos procurados, lá estivemos. Aa partir do momento que nunca mais fomos procurados, simplesmente afastamos, mas isso não quer dizer que queremos mal para Mirandópolis, até porque todo projeto que foi enviado para essa casa de leis, foi aprovado por nós vereadores”, analisa Comandante.

GRAMPOLA APOIA AFONSO E ROBERTO

O vereador Grampola parabenizou Afonso pela sua presidência na Câmara e demonstrou apoio ao futuro presente da Casa de Leis, Roberto Gonçalves. “Quero aqui parabenizar o Afonso pelo excelente ano de 2022, pela forma como conduziu essa casa, pela transparência e imparcialidade, não deixando nenhum projeto do prefeito ou do executivo para depois, sempre colocando de imediato, sempre com apreciação, sempre fazendo reuniões com os vereadores. Quero também Roberto me dirigir a palavra a você, pois sei o quanto você sofreu nos últimos dias pelo falecimento da sua esposa. Eu não tenho dúvida do seu caráter, do seu comprometimento e da sua lealdade, e que você vai conduzir essa casa de forma brilhante. Tenho fé que com essa ocupação que você vai ter em 2023, vai fazer com que preencha um pouco mais o seu dia a dia e que faça com que seus dias, se tornem menos doloridos do que nesse ano, nesses últimos dias, conte sempre comigo”, ressalta Grampola.


                       
1709109071