Maioria das escolas de Mirandópolis se prepara para volta às aulas

Maioria das escolas de Mirandópolis se prepara para volta às aulas

A maioria das escolas de Mirandópolis, tanto da rede pública quanto da rede privada, se prepara para a volta às aulas. Com exceção do colégio COC – 14 de Agosto e o SESI, as demais unidades vão retornar as atividades educacionais nos dias 30 de janeiro, 1° e 3 de fevereiro.

No COC, as aulas iniciaram no dia 23 e foram realizadas atividades de acolhimento e dinâmicas em todas as salas com os alunos. O mesmo ocorreu no SESI que também iniciou suas atividades escolares na mesma data. Já o colégio Objetivo marcou o retorno às aulas para o dia 1º de fevereiro.

Na rede estadual de ensino, o início das aulas está previsto para o dia 3 de fevereiro. Estão marcadas reuniões de planejamento do ano com os professores, coordenadores e direção das escolas para os dias 1° e 2 de fevereiro.

A escola Noêmia Dias Perotti está preparando um acolhimento diferenciado para os seus alunos com dinâmicas, gincanas e até apresentação do projeto Batucando. Já na escola

Marilena Santana Corrêa Fernandes haverá acolhimento dos professores nos dias 30 e 31 de janeiro, com orientações para o corpo docente sobre as premissas do Programa de Ensino Integral. Para o dia 3 de fevereiro, a unidade planeja realizar atividades que envolverão aspectos cognitivos e socioemocionais dos estudantes.

REDE MUNICIPAL

Na rede municipal de ensino, o retorno dos alunos ocorre no dia 30 de janeiro. São esperados mais de 1,6 mil estudantes da educação infantil e ensino fundamental. Os docentes iniciaram seus trabalhos nesta semana e participaram de um encontro, com duração de três dias, que envolveu capacitações e palestras. A reunião ocorreu na sede do Nipo.

Entre os palestrantes estava a psicóloga Victória Druzian Lopes, que falou sobre o manejo de comportamentos interferentes em crianças autistas; a psicóloga Thailini Rizzo que comentou sobre as sensações e memórias sensoriais; o artista plástico Cleber Ferreira que ministrou sobre a didática e prática no ensino da arte em criação, fruição e reflexão; e o professor de Educação Física que discursou sobre laboratório lúdico, o corpo humano como brinquedo.


                       
1719167465