A ONG que se preocupa em resgatar os gatos da rua para doá-los de forma responsável: conheça a Gateiras do Brasil

A ONG que se preocupa em resgatar os gatos da rua para doá-los de forma responsável: conheça a Gateiras do Brasil

Nesta edição, o jornal AGORA NA REGIÃO acompanhou o trabalho de um projeto independente que tem como missão proporcionar uma vida saudável para gatos abandonados, além de encontrar um lugar seguro por meio da adoção responsável.

A ONG Gateiras do Brasil, localizada em Mirandópolis, realiza esse trabalho desde 2019. Atualmente, a entidade mantém cerca de 180 felinos e conta com ajuda de voluntários dos fundos arrecadados através de um bazar solidário. Os custos para manter a entidade não são baixos. Por mês, os bichinhos consomem cerca de 500 quilos de ração, o que representa uma média de 15 quilos por dia, além da utilização de mais de 500 quilos de areia para que eles possam fazer suas necessidades, assistência veterinária, produtos de limpeza, vacinas, entre outros.

Embora tenha muitos desafios pela frente, a presidente da entidade Dominike Dias Mustafa não mede esforços para manter o projeto vivo. Sua paixão pelos animais começou ainda quando morava na capital paulista e foi estendido para o interior.

Quais atividades são desenvolvidas?

Nosso projeto realiza a castração e adoção. Nós tiramos os animais da rua e fazemos a castração, a vacinação e depois a adoção de forma responsável. São animais apenas de Mirandópolis.

Como funciona esse processo todo?

Geralmente as pessoas comunicam, por meio de nossa página no Instagram, os gatos que estão perdidos ou abandonados na rua, até mesmo filhotes, e então a gente vai até o local realizar esse socorro.

E como teve início esse projeto?

Iniciou em 2019. Eu sempre gostei muito de gato e já fazia trabalho semelhante em São Paulo, quando morava por lá. E quando eu vim para Mirandópolis, eu senti a necessidade de poder os gatos daqui. Comecei, então, a fazer caminhadas pelas ruas e percebi muitos potes de animais espalhados pelas vias e também muitos abandonados. Percebi que poderia dedicar um espaço para cuidar deles. 

A ONG recebe alguma verba pública?

No momento, não. Mas estamos trabalhando para isso. A ONG trabalha em Mirandópolis, mas também realiza doações para todo o Brasil, geralmente no estado de São Paulo.

Como funciona essa doação pelas cidades?

Temos uma página no Instagram, com mais de 115 mil seguidores, e por lá fazemos as postagens dos gatinhos que estão disponíveis para doação. Mas antes de doar fazemos toda uma análise da entrega do animal. Não fazemos nada por impulso. Avaliamos as condições do local, as condições financeiras daquela pessoa, até porque não basta gostar do animal, é preciso ter condições para arcar com as despesas com vacina, ração e outras mais. 

Existe algum evento programado para este ano?

Nós temos um bazar voluntário na cidade que utilizamos para angariar recursos para a ONG. É nosso evento fixo praticamente. Tenho alguns planos como show de prêmios, mas ainda estamos avaliando. Quanto ao bazar, ele fica localizado na Rua Joaquim Alves Filho, 934, no Morada do Sol. Nós aceitamos qualquer tipo de doação que esteja em bom estado como roupas, calçados, objetos de casa, utensílios, eletrodomésticos, eletroeletrônicos, enfim, tudo que for útil. Com a venda desses produtos nós revertemos na manutenção dos animais.

Qual o custo mensal para manter esse trabalho?

Com os 180 gatos que temos atualmente temos um custo que gira entre R$ 8 mil e R$ 10 mil por mês. Isso envolve não somente ração, mas também vacinas, assistência veterinária, medicamentos, produtos de limpeza, funcionário. Para se ter uma ideia, realizamos entre 2019 e 2022 mais de 400 castrações e mais de 180 gatos já foram doados.

ONG Gateiras do Brasil, fundada por Dominike, tem cerca de 180 gatos disponíveis para adoção responsável

Quais são os maiores desafios?

São as adoções porque as pessoas ainda têm receio de adotar animais apenas por tê-lo visto pela internet. Muito gato adulto não é doado. E também a questão financeira é um grande desafio. Todos os meses é uma luta para manter eles.

E como as pessoas podem ajudar?

Pode ser através do nosso PIX ou até mesmo na doação de rações nas clínicas veterinárias da cidade, bastando apenas informar ao estabelecimento que aquela doação é para a nossa entidade. 

SERVIÇO

  • Nome: Gateiras do Brasil
  • Fundação: 23/09/2019
  • Presidente atual: Dominke Dias Mustafa
  • Animais: 180 gatos resgatados
  • Site: www.gateirasdobrasil.com.br
  • Como doar: Chave-PIX 43.076.798/0001-68 (CNPJ)

                       
1719163666