Após mais de 1 ano, Parque Ecológico não recebeu nenhuma obra depois de ser inaugurado

Após mais de 1 ano, Parque Ecológico não recebeu nenhuma obra depois de ser inaugurado

Depois de 1 ano e 3 meses de ser inaugurado, o Parque Ecológico de Mirandópolis não saiu do papel. Apresentado em março de 2022, quando ocorreu o lançamento da pedra fundamental, o projeto tinha objetivo de criar uma área para fins de lazer e conservação do meio ambiente, que iria integrar o bairro Jardim Paulista com o Jardim Aeroporto. Em um trecho de 50 mil metros quadrados, seriam implementados 10 quilômetros de ciclovias, quadras de areia e um complexo esportivo.

No entanto, o que se vê local até o momento é somente a pedra (foto acima). Na época, o evento contou com diversas autoridades como vereadores e diretores de departamento. A gestão era do ex-prefeito Everton Sodario (Patriota) e do então vice Ademiro Olegário dos Santos (PSL), o Mirão. 

Um dos vereadores que estava presente no evento de inauguração era Emerson Carvalho (PSL), o Comandante. Na última sessão ordinária, realizada no dia 12, Comandante disse que se sentiu envergonhado de ter participado do evento e pediu desculpas para a população.  

Em março de 2022, autoridades durante lançamento da pedra fundamental do Parque Ecológico de Mirandópolis. Foto: Arquivo AGORA NA REGIÃO

“Eu sinto vergonha, vergonha, de ter participado da inauguração daquela pedra. Eu peço desculpas para a população de Mirandópolis. É meu primeiro mandato e eu não sabia que na política se mentia tanto”, disse Comandante, que foi interrompido pelo vereador Afonso Carlos Zuin (PDT). “Eu havia dito no dia da inauguração que a ideia era brilhante, mas que eu não estaria vivo para ver aquilo acontecer”, disse Afonso em tribuna. 

Procurada para comentar sobre o andamento das obras do Parque Ecológico, a Administração Municipal não respondeu aos questionamentos do jornal até o fechamento desta edição. 


                       
1721512842