Vereadores solicitam que prefeito realize a reforma no vestiário do campo na Primeira Aliança e a instalação de um bebedouro na Praça da Bíblia

Vereadores solicitam que prefeito realize a reforma no vestiário do campo na Primeira Aliança e a instalação de um bebedouro na Praça da Bíblia

Foto: Arquivo AGORA

Aconteceu na segunda-feira (14) a 15ª sessão ordinária de 2023 na Câmara de Mirandópolis. Entraram em pauta 3 indicações e 1 moção de pesar.

O vereador Grampola Pantaleão indicou ao prefeito Ademiro Olegário dos Santos, o Mirão, que seja realizada a reforma e adequação dos vestiários do campo de futebol localizados na Primeira Aliança.

“Como bem discorre o artigo. 217 da nossa Constituição Federal: é dever do Estado fomentar práticas desportivas formais e não formais, como direito de cada um. Por isso, a participação do Poder Público para a promoção dessas atividades é fundamental. No caso, a falta de reforma e adequações nos vestiários do campo de futebol localizado na Primeira Aliança compromete não apenas a falta de realização da prática esportiva, como também coloca em risco quem ainda se utiliza dessa estrutura. Para, além disso, há também o risco de queda de duas árvores no local. Diante disso, a indicação tem como intuito de orientar o Executivo a aplicar as devidas reformas dos prédios, como direito do cidadão e dever do Poder Executivo, bem como a análise sobre a retirada das árvores do local”, diz a justificativa da indicação.

Os edis Magali Maziero e Emerson Comandante fizeram uma indicação ao prefeito em que solicitam melhorias nas sinalizações do solo, no caso a pintura da palavra PARE. “Há vários lugares que a sinalização se encontra apagada devido ao desgaste causado pelo trânsito constante de veículos, dificultando o tráfego e aumentando o risco de acidente.

Portanto, tal benfeitoria irá proporcionar maior segurança e qualidade de vida”, ressaltam os vereadores.

Mônica Machado solicita que o prefeito providêncie a instalação de um bebedouro de água potável na praça do bairro Jardim Santa Rosa (Praça da Bíblia). “O local é bastante frequentado para lazer e descontração, bem como para a prática de esporte e caminhadas. Portanto, acredito que atender a esse pedido trará maior conforto aos que ali frequentam”, comenta a vereadora.

Vale ressaltar que a indicação parlamentar não tem caráter obrigatório. Cabe a prefeitura decidir se acata ou não o pedido do vereador.

MOÇÃO DE PESAR

O vereador Afonso Carlos Zuim fez uma moção de pesar pelo falecimento de Aurora Darim Pelho, ocorrido no dia 9 agosto de 2023.

FALTA DE VEÍCULO

O vereador Emerson Comandante subiu na tribuna da sessão para reclamar sobre a falta que um veículo oficial da Câmara faz para os vereadores. “Nos ocupamos nosso tempo indo a São Paulo, mendigando emenda parlamentar para trazer melhorias para o município. Estou com sete projetos para levar, pedidos de carro para a saúde, bairros rurais, entre outros. O que me deixa triste é chegar no dia da viagem e não ter um carro disponível para a gente fazer essa viagem. Ficamos a mercê da boa vontade do Poder Executivo. Quando estou em Guaracaí e Valparaiso, e falo que a Câmara não tem um carro, sou motivo de chacota e risada. De qualquer forma eu vou, neste caso vou de ônibus para não perder a oportunidade de levar os projetos”, esbravejou.

SALÁRIO DOS MÉDICOS

Comandante ainda usou seu tempo na tribuna para criticar os salários dos médicos, que ultrapassam R$ 30 mil em alguns casos. “Enquanto essa casa governar em cima do que o povo vai achar, e não fazer o que é certo, os médicos vão continuar ganhando R$ 35 mil por mês, enquanto poderia ser concursado e ganhar R$ 17 mil que é o teto do profissional. Ao fazer essa soma, com oito médicos ganhando R$ 30 mil por mês, são mais de R$ 3 milhões. Um médico ganha o salário de todos os vereadores e o salário do prefeito. Enquanto tiver politicagem, quem perde é a população, infelizmente”, finalizou.


                       
1709110081