Ex-atleta olímpico Claudinei Quirino inspira alunos do SESI Mirandópolis com sua trajetória de superação

Ex-atleta olímpico Claudinei Quirino inspira alunos do SESI Mirandópolis com sua trajetória de superação

Foto: Vinicius Macedo

Na última sexta-feira (29), a Escola SESI de Mirandópolis teve a honra de receber a visita ilustre do ex-atleta olímpico Claudinei Quirino, uma figura emblemática do atletismo brasileiro. O ex-velocista, que conquistou uma medalha olímpica de prata nos Jogos de Sydney 2000 como integrante do revezamento 4x100m rasos, compartilhou sua inspiradora história de vida com alunos dos ensinos médio e fundamental.

Claudinei Quirino foi recebido com entusiasmo pela comunidade escolar, graças à amizade que desenvolveu com o professor de Educação Física da escola, André Terenci. Durante sua visita, Quirino teve a oportunidade de dialogar com os alunos e compartilhar não apenas suas façanhas no mundo do atletismo, mas também as lições de vida que extraiu de sua jornada.

O diretor da escola, Maurício Allouche, destacou a importância desse encontro para os alunos, afirmando que a presença de Claudinei Quirino é uma motivação para que eles compreendam que é possível transformar suas vidas por meio do esporte e da educação. “As crianças precisam de liderança positiva e devem ter um olhar diferenciado sobre o esporte. Por meio dele e da educação, podem construir um futuro melhor”, falou Allouche. 

Professor André Terenci fez o convite ao ex-atleta para visitar a escola. Quirino foi recebido pelo diretor da unidade Maurício Allouche. Foto: Vinicius Macedo

O professor André Terenci, que possibilitou essa visita inspiradora, destacou como o exemplo do atleta acaba se tornando um espelho para os jovens, incentivando-os a se envolverem com alguma prática esportiva e a perseguirem seus sonhos com determinação.

A visita de Claudinei Quirino à Escola SESI de Mirandópolis não apenas inspirou os alunos, mas também reforçou a importância do esporte, da educação e da determinação na busca pelo sucesso na vida.

Quirino enfatizou a importância de encurtar a distância entre os atletas e as crianças. “Muitas vezes, o contato das crianças com os atletas se dá apenas por meio da televisão, tornando-se distante e inacessível. Um campeão na vida não exige necessariamente títulos, mas sim demonstrar força de vontade, determinação e dedicação nos estudos”, disse Quirino.

Durante a visita, o ex-atleta também trouxe uma réplica da tocha olímpica dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016 e participou de uma descontraída disputa de tiros livres no pátio da escola com os estudantes.

Alunos dos ensinos fundamental e médio receberam a visita do ex-atleta olímpico Claudinei Quirino na última sexta-feira (29). Foto Vinicius Macedo

HISTÓRIA DE SUPERAÇÃO

A trajetória de Claudinei Quirino é um exemplo de superação. Antes de se destacar no atletismo, ele enfrentou desafios como trabalhar como pedreiro, catador de latas e frentista. Ele também chegou a passar forme e apanhou em orfanato, antes de virar um dos maiores velocistas olímpicos do país. 

No entanto, seu talento e paixão pelo esporte o levaram a competir em igualdade de condições com os maiores nomes da modalidade, como o norte-americano Maurice Greene. 

Em suas duas participações olímpicas, Claudinei vivenciou situações opostas: uma lesão em Atlanta 1996 e a conquista da medalha de prata em Sydney 2000 com o revezamento 4×100 m rasos.

Além do sucesso olímpico, Claudinei Quirino brilhou em Mundiais, conquistando uma prata e um bronze nos 200m rasos e ficando em terceiro lugar no revezamento 4x100m. Ele também teve uma breve incursão no bobsled e chegou a disputar os Jogos Olímpicos de Inverno em Turim 2006.


                       
1709049453