Sem manutenção, antiga escola Itelvina Ferreira sofre com falta de zeladoria

Sem manutenção, antiga escola Itelvina Ferreira sofre com falta de zeladoria

No lugar das carteiras encontramos pneus. No pátio onde as crianças corriam, apenas poeira e folhas. Ao redor uma obra parada e muito mato. Essa é a realidade da antiga escola Itelvina Ferreira, que fica localizada no bairro Amandaba. O jornal AGORA NA REGIÃO visitou o local e encontrou um prédio em completo abandono.

Ao chegar, o portão estava totalmente aberto. Estacionamos o carro, chamamos porque imaginávamos que tinha alguém zelando pelo prédio, mas não encontramos ninguém. Todas as portas das salas estavam abertas, ou seja, encontramos sinais de destruição e total falta de manutenção. Além de muita sujeira, deparamos com forros e telhas quebrados, vasos sanitários e bebedouro danificados e até pneus dentro de uma das salas (fotos abaixo).

Segundo Eunice Zuin Fazano, diretora do departamento de Educação, no ano de 2018, a administração solicitou, junto à Diretoria de Ensino de Andradina, a cessão do prédio onde funcionava a EMEF “Profa. Itelvina Ferreira”, extinta em 2018.

Eunice explicou que o processo, segundo a dirigente regional de Ensino, encontra-se na mesa do Secretário de Estado da Educação para assinatura, sendo que enquanto não houver a finalização do processo, a Prefeitura Municipal não pode concretizar nenhum projeto.