Anunciação

Anunciação

A exatos nove meses do Natal, celebramos no sábado (25 de março) uma importante data litúrgica, não muito evidenciada no Brasil: a festa da Anunciação do Senhor. Conforme consta no primeiro capítulo do Evangelho de São Lucas (o único que relata este grandiosíssimo fato), o Arcanjo São Gabriel, enviado por Deus, aparece a Nossa Senhora revelando que Ela seria mãe do salvador da humanidade. E num ato de elevadíssima virtude, cujos méritos lhe foram acrescentados às graças já recebidas desde sua concepção imaculada no ventre de Santa Ana, Ela responde com um sim generoso e serviçal, abrindo-nos as portas da redenção.

No dia de hoje pode-se começar a preparação para o Natal, realizando uma piedosíssima novena de nove meses acompanhando a gravidez de Nossa Senhora, assim somando orações próprias desta devoção às práticas quaresmais já iniciadas. E mesmo a quem não tem tal hábito, é muito salutar imaginar como foi o tempo em que o menino Jesus habitou no ventre da Virgem Santa, invocada por isto como Arca da Aliança (em alusão à arca que o Antigo Testamento relata como custódia das tábuas da Lei e do maná enviado do Céu).

O nome dado à festa – Anunciação – evidencia o diálogo entre o Anjo e a Virgem, mas o que aconteceu também, imediatamente depois, foi a encarnação de Jesus. Ou seja, ao dar o sim, Nossa Senhora permite que o Verbo eterno, o Filho de Deus Pai, segunda Pessoa da Trindade Santíssima, assuma também a natureza humana – a qual Ele jamais perderá, pois ressuscitou dos mortos e, tendo sido elevado aos Céus em seu Corpo, carregou para lá nossa humanidade.

Todos os mistérios de nossa fé excedem e muito nossa capacidade de compreendê-los, mas nem por isto devemos nos esquivar de meditá-los! Ao contrário: peçamos as luzes do Espírito Santo para que hoje nossa mente e nosso coração se voltem à contemplação desses fatos sublimes e assim possamos nos saciar com a alegria contagiante de termos um Deus a nós irmanado! Recorramos a Maria rezando um trechinho da novena da Anunciação: “que o Filho de Deus que quis nascer em Vós, nasça também em meu coração e conceda-me o perdão de meus pecados”. Amém!


                       
1709057495