Proclamação da vitória

Proclamação da vitória

Consta no capítulo 27 do Evangelho de São Mateus que logo após Pilatos, com suas palavras e com o gesto de lavar as mãos, eximir-se da responsabilidade pela morte de Jesus, o povo reunido proferiu uma das frases mais impactantes da Sagrada Escritura: “Que o sangue dele caia sobre nós e sobre os nossos filhos” (versículo 25). Este trecho foi lido no Domingo de Ramos e narra a conspiração dos sumos sacerdotes e dos anciãos, que insuflaram o povo contra Nosso Senhor, e é estranhíssimo e mesmo perturbador o mero exercício de nos imaginar partícipes daquela multidão de condenadores. O sentido da frase significa a intenção da sentença: se Pilatos buscou isenção ao declarar-se “inocente do sangue” de Jesus, o povo tomou para si a responsabilidade.

De fato, por causa de nossos pecados, somos todos culpados do sangue por Ele derramado, mas diferentemente da turba reunida que pedia sua morte, nós, tendo já passado pelo crivo dos ensinamentos da santa Igreja, damos à frase condenatória um sentido completamente outro: não queremos que seu Sangue Preciosíssimo recaia sobre nós para nos acusar, mas para nos redimir. É paradoxal: tendo-O condenado com nossos pecados, o que recebemos em troca é justamente nossa remissão! Por isto é que rezamos para que seu Sangue redentor seja aspergido sobre nós, mas para a libertação dos vícios, pecados e mazelas, e nos levar à salvação eterna.

A justiça divina exigia o derramamento de sangue para expurgar os pecados da humanidade, e foi precisamente o Sangue do Senhor que pagou essa dívida! Um amor assim imensurável, indescritível, excessivo, não pode ser relegado ao esquecimento ou indiferença! Não caiamos nas tentações mundanas e demoníacas que levam à perdição, mas voltemos nosso coração ao Deus da vida e lutemos por nossa conversão!

E celebrando esta noite e amanhã a vitória do Senhor sobre o mal, o demônio, o pecado e a morte, enchamos o coração de santa alegria e proclamemos com ardor: Aleluia, Cristo ressuscitou verdadeiramente!

Também em nome de nosso querido Pe. Orlando Maffei, dos funcionários e colaboradores da Paróquia São João Batista, desejamos a vocês e suas famílias uma feliz e santa Páscoa!


                       
1718946341