A maternidade divina

A maternidade divina

Foto: Diocese de Anápolis

Nas duas últimas semanas não tivemos edição deste Jornal e os artigos foram publicados no site – para lê-los, basta acessar a nossa coluna Sementes de Fé. No último artigo, tratamos sobre a Maternidade Divina da Virgem Maria, realidade celebrada no primeiro dia do ano, na assim chamada Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus. Pela grandeza do assunto, vale a pena um conteúdo a mais sobre ele.

Sobre Nossa Senhora, a Igreja proclamou quatro dogmas: da Maternidade Divina, da Virgindade Perpétua, da Imaculada Conceição e da Assunção. Como todas as verdades de fé, a Igreja não as inventou ou elaborou, mas definiu que são uma realidade e assim ensina que nelas o fiel deve crer. As elaborações filosóficas e teológicas de fato antecedem a proclamação de um dogma, às vezes por muitíssimo tempo e sob embates calorosos, mas o dogma não é o resultado dessas elaborações; é uma verdade que as antecede.

A Maternidade Divina foi dogmaticamente definida no Concílio de Éfeso no ano de 431. À época existia a heresia nestoriana – defendida principalmente por Nestório, bispo de Constantinopla –, segundo a qual Nossa Senhora seria mãe somente de Cristo, da natureza humana d’Ele, e por isso deveria ser chamada de Christotókos (Mãe de Cristo, em grego). Mas a fé da Igreja era de que Ela era Mãe de Deus – por isso era chamada de Theotókos e por isso o Concílio a definiu como verdade e declarou herética a doutrina nestoriana.

É tão verdade que os cristãos a reconheciam como Mãe de Deus que a mais antiga oração mariana de que se tem notícia diz assim: “À vossa proteção recorremos, Santa Mãe de Deus. Não desprezeis as nossas súplicas em nossas necessidades, mas livrai-nos sempre de todos os perigos, ó Virgem gloriosa e bendita. Amém”. Assim rezemos também nós e entreguemos nossas vidas e este ano que se inicia aos cuidados da Virgem Santíssima.

Também em nome do Pe. Orlando, dos funcionários e colaboradores da Paróquia São João Batista de Mirandópolis, nossos votos de um feliz e santo ano de 2024, sob a proteção da Santa Mãe de Deus!


                       
1712955987